Crítica: 4×12 de The Good Doctor traz relações interpessoais como temática

Crítica The Good Doctor 4x12

Um momento de indignação em The Good Doctor

Mesmo com toda a intensidade que o episódio de The Good Doctor transmite em seus quarenta minutos, ainda não consigo entender muita coisa. Afinal, onde os produtores querem realmente chegar?

Continua após as recomendações

A série está sob sérios riscos e ainda temos despedidas semanais de personagens com potenciais. Ou a produção anda muito mal das pernas para pagar os atores, ou simplesmente não consigo entender. Tem necessidade de colocar um personagem, nos fazendo criar sentimentos e retirá-lo de cena sem mais nem menos? Minha revolta não é surpresa para muitos, todavia, eu parabenizo o episódio desta semana por outros diversos motivos.

Será que nós estamos preparados para isso?

Agora que já desabafei um pouco sobre os caminhos da produção, vamos parar e refletir o que tivemos aqui. Começando pelo plot envolvendo a gravidez de Lea e Shaun. Sinceramente, vivemos uma montanha-russa nesta semana com essa situação. Quando eles elencaram os motivos da paternidade, mas optaram pelo aborto, eu simplesmente quis arrancar um pedaço de mim.

Continua após a publicidade

Deixando bem claro que meu pensamento sobre essa escolha é completamente a favor da legalidade. Acredito que as mulheres possuem, sim, o direito de escolha sobre suas vidas a ponto de quererem uma gestação ou não. Entretanto, meu lado emocional fala mais alto, quando penso no pequeno ser que virá desse casal.

Mais uma vez, fiquei feliz com a decisão deles e acho que conseguiram ser maduros o suficiente para decidirem juntos. Eu ia horrorizar se fizessem disso um motivo de discussão machista por parte de Shaun. Acredito, sim, que o apoio do personagem mostra um lado cada vez mais empático de sua personalidade.

Imagem: ABC/Divulgação

A bola de neve do convívio médico!

Exatamente neste sentido da empatia, que vamos ao caso médico semanal em que Shaun se envolveu. Não acredito que seja novidade para ninguém o tanto que a vida imita a arte em muitos aspectos. Ao embasar séries médicas então, muito do que vemos nas telinhas são realidade na vida pessoal.

O conceito de hierarquia e aprendizado militar, principalmente na área cirúrgica, é algo levado bem a sério. Claro que não podemos generalizar o aprendizado médico em todo mundo pelo que vemos em um episódio. Mas a reação de Dr. Chambers para com os residentes mostra apenas como funciona a gigantesca bola de neve do aprendizado. Se eu sofri para aprender, devo fazer com que os outros também sofram e se adaptem a realidade.

Uma perda inesperada e significativa!

Paralelo a todo esse conceito e voltando um pouco na minha indignação, encontramos Enrique. O personagem começou a temporada como não quer nada. Aos poucos, ganhou um destaque em um interesse inusitado por Claire. A cada semana, se mostrava ainda mais carismático e com potencial. Para que? Sair sem mais nem menos esta semana.

Não acho que foi a melhor decisão para a série. Principalmente depois de todo o diálogo sobre mudar o mundo ao seu redor.

Vejo claramente nele o que sonho para o futuro da medicina, que o mundo consiga ver através dos olhos do profissional sem julgamentos, que possamos ser mais humanos e menos cirúrgicos. Acredito que o personagem teria de tudo para passar essa visão. Entretanto, assim como na realidade, devemos caminhar para onde nos passem conforto. Talvez o St. Bonaventure não fosse o melhor lugar para este caminho.

Caminhos ainda mais intensos estão por vir…

Por fim, depois de todo esse jogo de revolta e complicações, finalmente tivemos o beijo entre Morgan e Park. Já disse várias vezes como acho o desenvolvimento do casal uma das melhores escolhas da série. Essa semana, as repentinas discussões serviram para incrementar ainda mais os sentimentos.

Além disso, foram exatamente elas que deram a coragem para revelarem seus desejos um pelo outro. Resta saber como eles lidarão com isso nas próximas semanas. Pela promo a seguir, não acredito que abordarão o casal tão cedo, novamente…

E então, o que você achou do episódio de The Good Doctor? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

Nota do Episódio9
Review do décimo segundo episódio da quarta temporada de The Good Doctor, exibida nos EUA pela ABC, intitulado: "Teeny Blue Eyes".
9