Crítica: 4×16 de The Good Doctor teve perda impactante

The Good Doctor perda 4x16

The Good Doctor emocionou com perda

É engraçado como às vezes as emoções tomam conta da gente de forma surpreendente. Mesmo lidando com perdas constantes, não foi fácil assistir este episódio de The Good Doctor. Não somente por acompanhar o desenvolvimento da gestação de Lea como se fosse nosso.

Mas também por perceber que nós nunca estaremos preparados para lidar com a perda. Seja de um parente, um amigo, um famoso comediante ou um personagem. A única certeza que temos nessa vida é justamente aquilo que mais tememos.

Continua após a publicidade

O episódio trouxe fortes emoções e não podemos discordar. Ainda que houvesse uma ponta de esperança, os indícios desta triste realidade estavam ali a todo momento. Uma série médica que não traz momentos impactantes? Até hoje nunca vi. Embora tenhamos nos comovido com toda a condição, ainda há muito o que processar. A medicina não é uma área exata e nunca será. A quem podemos culpar pelos erros? Bom, na maioria dos casos, ao destino. Não há como controlar tudo que está ao nosso redor, seja relacionado a vida ou ao próprio organismo.

Uma diferente visão da realidade…

Seguindo no intuito de trabalhar perdas e a vida, a série combina diferentes pensamentos. Maxine Stanley viveu tudo que a vida podia lhe proporcionar. As risadas, as brigas, as danças e os festivais.

Imagem: ABC/Divulgação

A personagem estava pronta para o seu desligamento completo deste plano. Não estamos aqui para julgar Asher pelas suas decisões, mas já pensaram como isso é maduro? Chegar a um momento da vida onde simplesmente você não tem mais medo de dizer adeus. Às vezes acho que nós é que não estamos preparados para se despedir.

Continua após a publicidade

Dizem que os minutos finais são como um sopro. Que todo um filme de nossas vidas passa pela mente e, de repente, não se sabe mais. A abordagem do fim da vida vai muito além dos aspectos físicos.

Questões espirituais e psicológicas são tão importantes quanto em uma discussão. Estar bem consigo mesmo é, definitivamente, o maior objetivo que todos deveríamos buscar. A prova de maior coragem para qualquer ser humano é ter coragem de ser feliz, viver pra si e estar bem com isso.

Continua após a publicidade
Imagem: ABC/Divulgação

Vivemos o presente ou esperamos o futuro?

Bom, se tratando da série podemos ficar tranquilos. Apesar de uma baixa adesão de audiência nesta temporada, a renovação veio para o quinto ano em The Good Doctor. Acredito que os próximos meses possam ser decisivos para um projeto de finalização. Eu continuaria aprendendo com Shaun Murphy por mais longas décadas, entretanto, há novos ensinamentos que devemos colher no futuro.

Já no presente, devemos vivenciar o luto na próxima semana. A promo nos mostra que o casal terá certas dificuldades em lidar com a situação. Todavia, acredito que o apoio dos amigos é mais do que essencial neste momento.

Continua após a publicidade

Ainda que a situação não seja a mais confortável, é um processo que não se desenvolve sem o apoio adequado…

Continua após a publicidade

E então, o que você achou do episódio? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.