Crítica: Episódio 5×07 de Jane The Virgin encerra arco da sérei

O triângulo amoroso de Jane The Virgin chegou ao fim

Depois dos eventos da semana anterior em Jane The Virgin, era fácil imaginar diversas possibilidades para o que viria a seguir sem necessariamente termos certeza de qual delas seria a correta. No entanto, foi com um certo alívio que, finalmente, o plot do triângulo amoroso chegou ao fim. E, diga-se de passagem, aconteceu de forma razoavelmente adorável e satisfatória. Foi bem bonitinha a despedida deles.

Dessa forma, podemos, enfim, partir para a próxima e passar a amarrar as pontas soltas nesta reta final. Com um episódio inteiramente dedicado a resolução dessa storyline, nós vimos o que poderia ser o futuro de Jane se escolhesse Michael.

E, apesar de tentarem – muito – que as coisas dessem certo, foi que finalmente perceberam aquilo que já tínhamos discutido na review anterior: eles são pessoas completamente diferentes de quem costumavam ser antes.

Contudo, essa não foi a única revelação que bateu à porta deles. A moça percebeu que sua maior mudança foi ter superado o marido “morto” e ter se apaixonado por outra pessoa.

Assim, podemos agora esperar que ela tente se resolver com o Rafael o mais rápido possível (mas igualmente satisfatória). Afinal, o mesmo não parece muito disposto a reviver as mancadas de Jane e a gente não pode desperdiçar mais sete episódios da última temporada pra ficar resolvendo intriga amorosa, , gente?

O que acharam do episódio? Deixem aqui nos comentários!

Nota do episódio8.6
Review do sétimo episódio da quinta temporada de Jane, the Virgin, da The CW, intitulado "Chapter Eighty-eight".
8.6

Share this post