Crítica: 5×08 de Chicago Med quase mata personagem com muito drama

Episódio 5x08 de Chicago Med teve muito drama

Drama de sobra nos corredores do Chicago Med

Chicago Med já pode ser considerada a série mais dramática da Franquia Chicago. O episódio “Too Close to the Sun“, o oitavo da quinta temporada exibido no EUA pela NBC é a prova disso.

Continua após a publicidade

No episódio, tivemos Maggie cometendo um crime em prol do seu novo namorado, que estava a beira da morte, enquanto Noah apanhou feio da gangue em que sua ex-paciente estava envolvida. O rapaz ficou entre a vida e a morte e a coisa ficou feia.

Rebeldes sem causa em Chicago Med

Já notei que os personagens de Chicago Med adoram defender uma causa que eles lutam desde criancinha (só que não), para dar uma “causada” na trama da série. O caso de Maggie pode ser atribuído a isso. Ela acabou se envolvendo com seu colega de quimioterapia – Ben – que ela havia conhecido um episódio atrás, e o rapaz acabou recebendo um diagnóstico ainda pior aqui. Ele contraiu Sarampo, devido a sua baixa imunidade, e estava com os dias contados por já ter se transformado em uma pneumonia.

Um reloginho começou a contar e ele, do nada, piorou. Ele iria morrer mais cedo ou mais tarde, e isso era praticamente irreversível. Maggie estava envolvida, talvez por também estar emocionalmente abalada com sua doença. Mas acontece que deu a louca na enfermeira, que passou a se sentir culpada pelo rapaz passar seus últimos instantes no hospital (ele não podia levar alta por causa de uma quarentena), e acabou por falsificar a assinatura de Natalie para que Ben tomasse alta. Gente, #COMOASSIM? Maggie esteve disposta a jogar sua carreira no lixo por um cara que ela conheceu há uma semana? Chocado como os roteiristas de Chicago Med dão esses deslizes…

No final das contas, ela se arrependeu mas acabou tomando o maior esporro da médica. Ainda bem que ela não foi denunciada e nem corre o risco de ser presa, mas as coisas poderiam ter ficado bem pior.

Uma trama enrolada leva à outra mais enrolada ainda

A trama de Noah, por si só, foi até interessante: ele resolveu ajudar sua ex-paciente, que estava envolvida com uma gangue. Ele quis praticar bem, e não vi qualquer interesse amoroso da parte dele na garota. Isso até pode evoluir para algo, mas a meu ver ele só quis ajudar. Acontece que Noah acabou pagando o pato e foi espancado severamente, chegando no hospital bem machucado.

Claro, sobrou para o Dr. Marcel resolver o problema. Porém, ele sabia de tudo o que estava acontecendo e ficou quietinho, uma vez que Noah havia pedido. Só quando o cerco se aperta que ele revela o que de fato rolou, e quem dá uma surtada com isso? April, obviamente, que acho que o médico deveria ter contado para ela. Pode mandar mais uma hashtag #COMOASSIM? (Na terceira, a gente pede música no Fantástico). April, “seje menas“, por favor. O médico não tinha obrigação nenhuma de contar para ela qualquer coisa, já que Marcel mesmo disse que Noah é grandinho e deve saber o que faz.

Mas acontece que esse estresse de April tem mais a ver com o flerte que rolou entre ela e Marcel. No final, ela foi lá agradecer, no entanto ela sabe que está meio “ferrada” quanto aos seus sentimentos. Espero que ela se dê conta de que o que está acontecendo é só uma paixonite e que ela tem de investir é no seu relacionamento com o Dr. Choi, que tanto custou pra alçar voo. Ai, Chicago Med, porque me cansas?

Ainda no hospital

Enquanto isso, outros dramas rolaram no hospital. Dr. Choi e Charles ficaram “presos” em um caso envolvendo mídias sociais, onde o paciente pedia para os seus “seguimores” escolherem o destino de sua vida. Ao mesmo tempo, Elsa tentou manifestar seus sentimentos por Will que basicamente a ignorou durante todo o episódio. Que os dois tem nada a ver, isso sabemos. Mas, coitadinha, fiquei com pena! Se eu pudesse dar um conselho para ela, eu ia gritar: “Foge Bino, é uma cilada!”.

Ai, gente, o que fazer com Chicago Med? Essa série que eu tanto gosto, da Franquia que eu tanto amo? Essa temporada está bem complicadinha de aturar, e ainda torço muito para que as coisas melhorem, pois potencial temos. Será que vai acontecer?

E vocês, o que estão achando da temporada? Deixem nos comentários e continuem acompanhando os textos da Franquia Chicago aqui no Mix de Séries.

Nota do Episódio7.5
Crítica do oitavo episódio da quinta temporada de Chicago Med, intitulado Too Close to the Sun. Episódio foi exibido nos EUA pela NBC.
7.5
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

No comments

Add yours