Crítica: 5×14 de Jane the Virgin foca nos rumos dos personagens

Com os episódios contados para o final iminente, Jane the Virgin tem colocado mais tensão em suas cenas

O episódio da semana em Jane the Virgin foi recheado de situações que davam a impressão de que as coisas terminariam mal. Mas que que se resolveram de forma fácil, rápida e natural. 

A cena em que Rogelio passa mal e tudo indicava ser um infarto. As diversas cenas em que Jane parecia que prestes a questionar seu relacionamento. Rafael jogado no chão de um estacionamento escuro, dando a impressão de que poderia ser atropelado. Xo recebendo notícias pelo telefone… São apenas alguns dos exemplos claros disso.

Em contrapartida, achei fantástico ver Rafael trabalhando no Marbella de novo. Afinal, o hotel sempre foi algo ao qual ele se dedicou, até mesmo na fase playboy dele no começo da série. Além disso, é muito bacana ver a interação entre ele e Petra.

Petra em apuros de novo?

Falando em Petra, tem-se tornado cansativo vê-la passando por apuros. Até quando vão continuar insistindo nessa narrativa? A diva precisa de um descanso e um final feliz onde todos os indivíduos tóxicos da vida dela sumam. 

O que falar do retorno de Lina e seu pedido inusitado? Adorei tê-la de volta, ainda mais nessa reta final. Além disso, fiquei feliz que ela voltou atrás no pedido e Jane não vai mais doar seus óvulos para ela. Afinal, é a Jane, e ela iria se estressar com isso, mais cedo ou mais tarde. É parte da natureza dela. Simples assim!

Tivemos mais um episódio sem Rose, Luiza, gangue do mal… O que será que nos espera futuramente? 

O que acharam do episódio? Gostaram da reviewDeixem aqui nos comentários!

Nota do episódio8.6
Review do décimo quarto episódio da quinta temporada de Jane, the Virgin, da The CW, intitulado "Chapter Ninety-five".
8.6

No comments

Add yours