Crítica: 5×20 de Chicago Med transformou médico em assassino

Critica Chicago Med 5x20

Trama de Chicago Med colocou médico como assassino

Chegamos ao final de mais uma temporada de Chicago Med. Infelizmente, com um episódio que não estava programado para tal – embora tenha servido muito bem. Como todos sabem, o Coronavírus interrompeu as gravações de muitas séries, e não foi diferente com nossa amada Franquia Chicago. Assim, com episódios gravados até o 20, a produção encerrou a temporada mais cedo.

Mas o que foi que aconteceu? Muita coisa! Principalmente com o Dr. Marcel, que foi acusado de ser um assassino. Essa trama foi bem intrigante, mas serviu para conhecermos um pouco mais do passado do médico.

Enquanto isso, o Dr. Choi ficou na mira de um assassino…

O passado do Dr. Marcel em Chicago Med

Confesso que fiquei com pé atrás em relação a Crockett. Ele sempre muito bonzinho, muito charmoso, muito cordial… Estava demorando que algo surgisse e que quebrasse essa imagem de bom moço.

Continua após a publicidade

O lance com April já meio que fez isso, só que dessa vez uma equipe policial chegou ao hospital atrás dele, a partir de uma investigação de assassinato de anos atrás. O DNA de Marcel bateu com o do assassino e, com isso, um mandado de prisão foi emitido para o médico.

Enquanto isso, Natalie assistia tudo incrédula e foi buscar saber o que estava realmente acontecendo. Graças a um médico do paciente no qual Natalie e Crockett estavam tratando, ela começou a entender a história. Marcel fez doação de medula óssea, há sete anos atrás, logo após sua filha de um ano morrer – por causa de leucemia. Com isso, a médica começou a ligar os pontos, até entender que a medula poderia ter ido para uma pessoa que cometeu um crime, alterando assim seu DNA original. É raro, mas passível de acontecer.

O médico quase foi preso, mas graças a ela, tudo deu certo. Só que, com isso, um segredo dele foi revelado e ele parece não ter gostado que Natalie tenha descoberto. Mas entendo ele, porque certamente mexeu com seu estado de espírito. Bem, eu já havia cantado essa pedra de que ele poderia ter perdido um filho, devido a um caso que ele atendeu episódios atrás, em que uma criança morreu. Mas infelizmente, achei tudo muito rápido. Creio que essa trama ainda seria explorada na temporada, embora não tenha tido tempo para isso. Agora, é ficar na torcida para que essa trama retorne na sexta temporada.

Dr. Choi banca o herói

Mais uma vez, Dr. Choi bancou o herói. Sim, não é a primeira vez que ele coloca sua vida em risco para salvar outra pessoa. Talvez seja seu passado como militar que aflora de vez em quando, mas ele faz coisas de forma muito imprudente. Neste episódio, ele ajudou em um assalto que estava acontecendo, entrando no lugar e se colocando na mira do assassino. Pior de tudo, foi que ele realmente poderia ter morrido.

Ele até contribuiu para convencer o assaltante se entregar, mas esse não era seu papel. Final das contas: deu tudo certo. Mas April chegou lá no local, e mostrou-se prestativa. Só que, pensando bem, pela forma como Choi age por impulso com tudo, eu começo a entender o peso que April estava carregando no relacionamento dos dois. Acredito que o desgaste e os problemas sejam culpa dos dois. Já pensou, você se casar com alguém que é bem negligente como Choi? Na semana passada mesmo, ele cometeu um ato de repúdio dentro do hospital. Então sei lá… Acho que ela se livrou foi de uma bomba.

Apesar disso, ela tem sentimentos por ele. Acredito que a trama dos dois continuará na próxima temporada.

Confiança é tudo

Will também teve uma trama com Hannah interessante, que testou sua confiança. Um ex dela apareceu no hospital, todo drogado, e acabou deixando o médico intrigado. Por um momento, a trama tentou convencer o público de que a médica estava mentindo para Will. Mas no final, ele acabou acreditando nela.

Eu achei legal mostrarem isso, principalmente porque Hannah está num processo bem delicado da sua vida. Mas eu não consigo ter 100% de certeza nas coisas que ela diz, e tenho medo dela fazer algo de ruim para Will, em algum sentido. Mas enfim, o médico acaba se metendo em problemas por conta própria, então este seria apenas mais um, não é mesmo?

De qualquer forma, fica minha torcida para Hannah estar sendo honesta com Will e que ele deem certo. Porque, afinal, já sabemos que Will não consegue ficar com Natalie.

Tramas inacabadas

Algumas tramas ficaram bem jogadas ao vento, com esse término brusco da temporada. O Dr. Charles, que recuperou o afeto da filha de 13 anos, por exemplo. Ela teve uma participação neste episódio, mas acredito que ela continuaria. Além disso, a história de Sharon e o filho, foi descartada. Será que eles voltarão a abordar isso na temporada que vem?

E então, o que acharam do fim de temporada de Chicago Med? Deixem nos comentários.

A série retorna com a sexta temporada no fim do ano, nos Estados Unidos. Aqui no Brasil, a quinta temporada ainda está em exibição pelo canal Universal.

Até qualquer hora! E continuem acompanhando todas as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

Nota do Episódio8.5
Crítica do episódio 20 da quinta temporada de Chicago Med, intitulado "A Needle In The Heart", exibido nos EUA pelo canal NBC.
8.5
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

Post a new comment