Crítica: 6×01 de How To Get Away With Murder revela suposta morte chocante

Voltamos para o último ano de How To Get Away With Murder

Muito se especulou sobre o que Murder iria nos entregar na temporada final. Então, sem mais delongas, vamos aos fatos desse retorno.

Quando a quinta temporada foi caminhando para a reta final, ficamos com aquela sensação de que muito tinha sido resolvido. O que nos levou a respirar aliviados, até Laurel desaparecer no arco final. Assim, aparentemente, já tínhamos o mistério da temporada seguinte. Foi aí que a gente se enganou e, sinceramente? Eu digo é graças a Deus! Espero que essa seja o menor mistério da temporada. Exausta de Laurel e todo seu drama… Sumiu foi tarde!

O episódio mostra como todos os Keatings estão lidando com o desaparecimento. Inclusive Annalise, que a essa altura do campeonato me impressiona muito não ter enlouquecido. Mas por outro lado, sofreu uma overdose e está internada, tentando realmente obter alguma ajuda. Enquanto o restante está surtando, o que não é nenhuma surpresa. Ô povo chato!

Outro que está me tirando do sério já tem um tempo é Nate. Minha gente, eu não aguento mais essa onda de justiceiro destruindo tudo pelo caminho. Foi desolador a forma como Nathaniel morreu, mas olha tudo que foi causado no caminho pela imprudência desse homem. Ele acha que é dono da verdade e tem o direito de julgar e condenar, como não demorou um minuto para fazer com Teegan.

Continua após a publicidade

Emmet morreu e sobrou desconfiança pra todo lado. Agora Nate acha que Teegan fez isso pra tomar seu lugar, ou por vingança. Pode ser? Pode! Mas, sinceramente, não acho que esse seja esse o caso. E nesse plot quem poderia sair morto é Nate.

Uma nova personagem e seus mistérios

Em geral, o episódio foi para dar um panorama do que nos aguarda e apresentar mais uma personagem que aparentemente vai ser a maior pedra no sapato de todas. Vivian Madox chegou, e chegou com um caso montado. Várias caixas de Sam e muito ódio no coração! Certeza que veio para descobrir tudo por trás da morte do ex-marido. Vamos prestar atenção, Vivian é um nome cantado na série faz muito tempo. Espero que realmente esse plot seja incrível demais. Já até arrepio em imaginar as cenas entre ela e Annalise.

A reviravolta da temporada ficou para o final, como sempre. No começo de “Say Goodbye” vimos Annalise sonhar com sua morte. O que já foi um choque de início, mas no final do episodio só confirmamos que isso realmente pode ser bem real, com imagens do seu suposto funeral. Digo suposto porque é difícil acreditar em qualquer coisa que Murder nos apresente de início.

Imagem: ABC/Divulgação

Eu fiquei com um misto de sensações ao ver a cena. De cara, não queria acreditar, e ainda não quero! Acho muito injusto com tudo que a personagem lutou e quem ela foi durante todo esse tempo.  Não é novidade que eu acho os Keatings Five uns egoístas e ingratos.

Annalise passou da linha incontáveis vezes, mas algumas dessas vezes, como vimos na última temporada, ela foi colocada por eles na situação e teve que agir. Acho injusto demais que ela tenha esse final e vou continuar defendendo que a morte deveria ser mais uma vez de um dos pupilos, e não dela.

Nota do Episódio 8
Review do primeiro episódio da sexta temporada de How To Get Away With Murder, intitulado "Say Goodbye".
8
Renata Ribeiro

Renata Ribeiro

Publicitária, Alagoana e arretada!

No comments

Add yours