Crítica: 6×12 de Chicago Med encontrou Chicago Fire e foi bom

Crítica Chicago Med 6x12

Chicago Med trouxe bom encontro com os bombeiros de Fire

Finalmente, um episódio bom de Chicago Med. Após várias semanas com episódios chatos e sem graça, Chicago Med finalmente conseguiu entregar uma história interessante e envolvente. E de quebra encontrando Chicago Fire.

Continua após publicidade

Neste episódio, tivemos a sequência da história com o Dr. Charles e a paciente que ficou obcecada por ele. Ao passo de que a mãe de Natalie retornou ao hospital, piorando da sua condição cardíaca. Além disso, tivemos histórias interessantes com Will, April e a principal, com o Dr. Choi e o Dr. Archer, que encontraram Chicago Fire em um chamado externo.

Continua após a publicidade

Dr. Charles e sua paciente 

Gente, e a paciente obcecada pelo Dr. Charles que voltou? Sabia que ela não ia dar sossego, mas agora ela parece ter aumentado ainda mais a fixação pelo psiquiatra.

Continua após publicidade

Ela só aceitou falar com Charles e, mesmo assim, não foi bem direta sobre o que aconteceu com ela. Só que o médico já sacou que pode ter uma possível história de abuso do pai. Obviamente, o problema precisa ser tocado, para que ele a trate.

Mas achei intrigante a forma como que a paciente olhou para a filha de Charles, quase que como com ciúmes. Será que ela voltará e ameaçará a vida deles? Tudo deu a entender que sim.

Continua após publicidade
Imagem: Divulgação.

Boa história

Gostei muito da história do Dr. Choi indo até o local da emergência, junto com o Dr. Archer. Tal fato deu para explorar os problemas de Archer, que chegou a pouco ao hospital.

Na verdade, durante o trajeto, o Dr. Choi já tinha sacado que Dean tinha problemas por conta do seu tempo no exército. Só o fato da ambulância tremer já lhe deu gatilhos.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Ao chegar na cena, eles contaram com a ajuda de Brett e Cruz, de Chicago Fire, mas durante o atendimento acabaram presos em um fogo cruzado. O gatilho de Dean, então, foi nas alturas.

Eles conseguiram levar o paciente para o hospital, e tudo deu certo. Mas o Dr. Choi precisou ser franco com o Dr. Archer sobre o episódio e aconselhou que o médico procurasse ajuda. Embora ele tenha concordado, Dean acabou fingindo contato com o Dr. Charles e não procurou ajuda.

Acredito que essa história irá voltar e criará problemas para o médico no hospital. Estou curioso, confesso!

Crítica Chicago Med 6x12
Imagem: Divulgação.

Natalie e a falta de limite

Enquanto tivemos April trabalhando com Crockett – e que mais uma vez a levou a ter certeza para a enfermeira virar médica -, dessa vez, Natalie focou na sua mãe.

De volta ao hospital, a mãe da Dra. Manning não está bem e a cirurgia feita por Marcel não foi eficaz. Coube a ela tentar recorrer ao estudo de Will, que sem sucesso não conseguiu uma vaga com Sabeena. Mas, nesse meio todo, Will acabou dizendo para a sua colega de pesquisa que violou um dos resultados do paciente, para entregar-lhe a dose do remédio e não do placebo, e isso pode atrapalhar o resultado da pesquisa.

Mas, indo além disso, Sabeena destacou a falta de confiança – e noção – que Will criou fazendo esse tipo de coisa. Não para menos, em uma reunião no fim do episódio, Will recebeu uma proposta de emprego para trabalhar na companhia em tempo integral, e Sabeena não gostou nada.

Ainda nessa trama da pesquisa, não bastasse ter a mãe recusada, Natalie acabou fazendo o quê? Roubando um dos medicamentos. Isso mesmo, ela roubou a droga usada no teste e deu para a mãe tomar. Isso é tão errado, em tão níveis diferentes, que parece até comum para os médicos de Chicago Med, que estão acostumados a fazer besteiras um episódio atrás do outro.

Mas, gente, isso é muito errado, e não era para acontecer.

Meu palpite é que a mãe de Natalie terá alguma reação a droga, principalmente por ela ter tomado assim, às cegas. Chicago Med passou bastante dos limites com essa história, mas tentei nem focar nesse erro para não ficar, mais uma semana, falando mal da série.

Sério, o que esses roteiristas tomam para escrever o roteiro desta série?

E então, o que você achou do episódio? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.