Crítica: 7×08 de Brooklyn Nine-Nine teve Jake e Judy juntos de novo

Critica Brooklyn Nine-Nine 7x08

Nesse episódio de Brooklyne Nine-Nine Peralta e Doug Judy se reúnem para um despedida de solteiro inusitada. Holt está de volta ao comando e Amy precisa decidir sobre uma maquina de lanches.

Amy e Peralta são um belo par em Brooklyn Nine-Nine, mas cá entre nós, a química da série está mesmo entre Jake e Doug Judy, o Bandido do Pontiac.

Jake fica sabendo do casamento de Doug Judy, o Bandido do Pontiac, através de um criminoso capturado por Diaz. Ressentido com a situação Peralta procura Doug para o esclarecimento, afinal eles são amigos. Judy explica a Jake que por ser policial ele não era bem-vindo ao casamento, mas o convida para sua despedida de solteiro em Miami.

Em Miami, Jake, disfarçado de bandido, Judy e mais 3 amigos bandidos, se hospedam em um hotel onde também está um ricaço russo. Quando entram no quarto tem uma surpresa com a chegada de Trudy Judy, irmã de Doug. Ela acaba contando que Peralta é um policial gerando desconfiança. É quando os bandidos revelam que roubaram os diamantes do Russo, como um bom policial Jake não deixa isso passar. Usando a expressão “sem evidências sem crime”, o detetive executa um roubo reverso pra não prender ninguém. 

Continua após a publicidade

Com os diamantes devolvidos, a SWAT chega e prende os bandidos. Deixando os irmãos Judy bem decepcionados e acabando com a despedida de solteiro. Apesar de tudo até esse ponto parecer ter dado certo para Jake, ele fica triste com o abalo na amizade.

Enquanto isso Terry, Diaz e Holt:

Depois da morte de Wuntch, episódio 07×07, Holt volta comando da 99. Preocupado em agradar o seu capitão Terry tenta deixa a sala exatamente como ele deixou. A não ser por um único detalhe: um cartão de visitas com um chiclete grudado. Para Holt, esse cartão era muito importante e Terry o jogou no lixo. O sargento tenta recriar o cartão junto com Diaz, mas a farsa é descoberta por Holt, deixando-o desapontado. Aquele cartão era o motivo dele ser o policial, porque era o primeiro caso que ele não conseguiu solucionar. Rosa pula fora do barco antes que afunde. Terry, então, dá um verdadeiro motivo pra Holt se orgulhar, trazendo todos os cartões de casos que Holt solucionou. Raymond então parabeniza Rosa e o sargento, deixando ele bravo por ela levar créditos sem ter feito nada.

Amy e a máquina de lanches em Brooklyn Nine-Nine

Amy recebe autorização para comprar um nova máquina de lanches para a 99, mas não quer que ninguém saiba para não virar uma competição maluca. A ideia vai por agua a baixo quando Charles fala alto e Scully e Hitchcock ouvem – as duas pessoas que Amy mais queria evitar, junto com Terry e seus iogurtes.

Então, Amy decide os concorrentes devem fazer uma apresentação das suas maquinas. Boyle opta por uma maquina de comida excêntrica – como era de se esperar – Scully e Hitchcock por uma máquina super completa que até assa pizzas, ganhando assim a competição, mas logo no primeiro uso ela queima.

Por fim, Jake recebe novamente da visita do Bandido do Pontiac, que explica que a despedida de solteiro foi armada para que ele prendesse os seus amigos. A mulher que Judy vai se casar é juíza federal e não poderia ter bandidos no casamento, fazendo então o pedido para que Jake fosse seu padrinho.

E vocês, o que acharam do episódio? Deixem nos comentários.

Além disso, continuem acompanhando todas as novidades de Brooklyn Nine-Nine aqui no Mix de Séries. Até a próxima!

Nota do episódio8.5
8.5

No comments

Add yours