Crítica: 8×01 de The Blacklist deu um novo rumo à série

The Blacklist Critica 8x01

The Blacklist estreou com conflitos e traições! 

Após 5 meses de paralisação por conta da pandemia, The Blacklist está de volta e trouxe consigo algumas mudanças, tanto no elenco quanto no rumo da série.

Continua após as recomendações

No final da sétima temporada, vimos que Elizabeth finalmente tomou partido ficando do lado de sua mãe (Katarina), o que deixou a história muito mais interessante. Depois de anos de lealdade à Raymond “Red” Reddington, Liz trocou de lado, tudo em busca da verdade que lhe assombra desde o dia em que Red apareceu na porta do FBI.

Novo intérprete

Antes de tudo, para aqueles que não sabem ou não se lembram, infelizmente o ator que interpretava o personagem Dom (Brian Dennehy) morreu em abril de 2020. O personagem de Brian acaba levando um tiro no começo da sétima temporada, assim ficando em coma o restante dela toda. À primeira vista, a ideia inicial da produção era deixar Dom morrer e, assim, dar um final para o personagem. Contudo, a história central da séria gira em torno dele e todos os segredos que ele carrega consigo.

Continua após a publicidade

Enfim, os produtores acharam melhor dar continuidade ao personagem e trazer um novo ator, que se trata de Ron Raines, de The Guiding Light. Com essa decisão da produção também podemos ver que série já está caminhando para um desfecho, uma vez que Dom foi sequestrado por Elizabeth e Katarina.

Plano maior

A princípio, no episódio, a equipe estaria indo atrás de um homem que se chama Roanoke, que leva o nome do episódio. Roanoke é conhecido por conseguir capturar qualquer pessoa. Até então para Red, e o restante da equipe, ele estaria indo atrás de Mandy Tolliver, ou para os mais íntimos, Katarina. O que a equipe e nem Raymond sabiam era que isso tudo foi uma armação da própria Katarina para conseguir capturar Dom, que é fortemente protegido pelos homens de Raymond.

Crítica The Blacklist 8x01

Imagem: Divulgação

Contudo, Katarina não esperava que somente Elizabeth descobrisse seu plano. O que leva Liz confrontar sua mãe, que acaba relevando o motivo daquilo tudo, dando uma escolha à Elizabeth, de continuar com o plano e descobrir toda verdade, ou acabar com aquilo tudo de uma vez.

Traição

Desde já tínhamos visto Liz se pender para o lado de sua mãe e dessa vez não foi diferente, ela decidi dar continuidade ao plano, não só traindo Raymond, mas também sua equipe. Ao achar que Dom estava em perigo, Red decide trocar sua localização. Para isso, uma força tarefa é montada, porém, eles não esperavam a traição da Elizabeth, que, em uma janela de oportunidade, acaba escapando com Dom e o entregando à Katarina.

Com isso, todo força tarefa está atrás dela, incluindo sua equipe, que a vê como uma traidora. Em uma cena final, vemos ela se encontrado com Ressler, dando um beijo como sinal de despedida e pedindo para que ele confie nela.

Arquivo Sikorsky e N-13

Aparentemente, toda história gira atrás de quem é o agente N-13 e o que tem no arquino Sikorsky. Com o sequestro de Dom, podemos finalmente descobrir esse segredo, o que também traz à tona que série está caminhando para um final. Acredito que já nós próximos episódios teremos algumas respostas e a tão sonhada: quem é o Raymond Reddington? E seria ele, junto de Dom, que estaria por trás do arquivo Sikorsky?

O que você achou da estreia da temporada? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota do episódio 8.3
Crítica do primeiro episódio da oitava temporada de The Blacklist, intitulado "Roanoke", exibido nos EUA pela NBC.
8.3
Avatar

Edmilson Filho

Amante de séries, filmes, livros e café. Apaixonado por um bom debate político.

No comments

Add yours