Crítica: 8×05 de Arrow, “Prochnost”, trouxe de volta velhos rostos

Imagem do episódio 8x05 de Arrow

Série teve mais um episódio diferente – e movimentado

É impressionante como as coisas mudaram para melhor em Arrow nesta temporada. O clima de despedida e homenagem aos oito anos da série tem episódio após episódio entregado momentos marcantes.

Continua após a publicidade

Mas não é só isso. O elo mais fraco da série acabou por se tornar seu recurso mais forte no meio da temporada. Porém enquanto esta oitava temporada percorre suas memórias, pergunta-se quanto mais podemos obter antes que a Crise chegue para destruir o multiverso.

Prochnost” foi um episódio bem movimentado. A trama percorreu não só por diferentes localizações, com o grupo retornando à Rússia, mas também em seu tom. Por um lado, tivemos Oliver tentando se conectar com seus dois filhos já adultos. Por outro lado, temos Laurel dando o seu melhor para não acabar com seu arco de redenção. E ainda o retorno de dois importantes personagens de Arrow: Anatoly Knyazev e suas falas cômicas, e Roy Harper e seu drama particular.

Quem diria que os personagens do futuro, depois de protagonizarem uma trama arrastada e fraca ao longo de mais de uma temporada, acabariam por trazer uma dinâmica pertinente para Arrow. O drama familiar foi um grande elemento que continua a render após a reviravolta de alguns episódios atrás. Os diálogos e emoções atingiram o tom certo. Quando reunidos com seu pai Oliver ou outro membros do principal team Arrow, os personagens brilham e passam a fazer sentido em seus papéis. O relacionamento entre Oliver e Mia se tornou o elo mais interessante nesta temporada. As cenas de treinamento e os desafios que enfrentam na Rússia, seja nas mãos da Bratva ou no clube da luta, foram ótimos momentos de união entre pai e filha. É uma pena saber que veremos pouco desse desenvolvimento já que estamos a poucos episódios do fim de Arrow.

Antigos personagens estão de volta

O retorno de Roy Harper/Arsenal foi um dos mais esperados para esta temporada e finalmente aconteceu. Mas por mais que sua volta tenha sido bem-vinda, não foi assim tão proveitosa. Pelo menos no contexto desse episódio em particular. O personagem não teve grande conexão com o grande elenco e os eventos na Rússia, tendo sua participação resumida a uma missão paralela enquanto lida com seus dramas particulares que o ronda há temporadas. Porém, como o personagem irá continuar na temporada ainda por alguns episódios, poderemos ver mais de Colton Haynes em ação.

A volta de Anatoly e do team Arrow à Rússia foi uma grande homenagem de Arrow à sua quinta temporada. O personagem teve papel importante em muitos momentos na trajetória de Oliver, principalmente em seu quinto ano, seja através dos flashbacks na Rússia em seu último ano desaparecido, seja no presente. O anti-vilão Anatoly sempre foi interpretado de forma brilhante por David Nykl, e sua ótima performance não poderia ter sido diferente nesta que foi a despedida do personagem na série.

O que a vindoura Crise já tem causado

Em se tratando da Crise, o team Arrow enfim tomou conhecimento da traição de Lyla. O final mais um vez deixou um grande gancho para o próximo episódio e pouco se sabe ainda o grande papel que Lyla como Precursora terá no futuro. Já Laurel teve um boa evolução no episódio. Foi uma ótima escolha dos roteiristas não a terem deixado sucumbir novamente ao lado errado, evitando assim arruinar tudo o que a personagem vinha construindo em sua redenção. Esse talvez tenha sido o teste derradeiro de sua aliança ao team Arrow, como também um teste do Monitor para ver se ela é forte o suficiente para a vindoura Crise.

Este quinto episódio soube equilibrar muito bem todos os diferentes tons através de suas subtramas. Por mais que não tenha tido uma grande reintrodução com Roy, acertou em cheio no lado emocional com a família Queen-Smoak, tendo que lidar ainda com velhos problemas russos. O que antes tinha se tornado um ponto fraco em Arrow, acabou revertendo a situação ao fundirem os diferentes núcleos de personagens. O que dá suporte para criar grandes expectativas para os últimos episódios antes do grande crossover.

Imagem: The CW/Divulgação

CURIOSIDADES:

– “Prochnost”, título do episódio, significa “força/durabilidade/resistência”. O nome é uma referência ao episódio 2×04 “Crucible” que teve a primeira aparição de Anatoly em Arrow, cujas primeiras palavras para Oliver foi justamente “prochnost”. cw.com

Nota do Episódio9
Review do quinto episódio da oitava e última temporada de Arrow, da The CW, intitulado "Prochnost".
9
Tags Arrow
Avatar

Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.

No comments

Add yours