Crítica: Charlie retorna para Supernatural no episódio 13×18

Imagem: CW/ Divulgação

Continua após as recomendações

Já vou começar esse post falando: quem não sabia que o plano do Dean para salvar Mary e Jack daria errado? Era óbvio, acredito. Mas, achei esse episódio importante em alguns aspectos: Ketch buscando a redenção, Charlie Bradbury de volta e Lúcifer e Gabriel sendo quem que realmente são.  O que vocês acham sobre o Lúcifer? Eu só consigo vê-lo como um menino chorão, que é revoltado com as atitudes do pai. Acredito que a série estaria muito melhor sem ele.

Nesse capítulo, Dean e Ketch iniciam a empreitada de resgate da matriarca dos Whinchesters e do Nefelim, quando descobrem que naquele universo tão diferente ainda existia uma Charlie Bradbury. Mas, ela corria perigo de vida, uma vez que havia sido capturada pelos capangas de Miguel e que não revelaria o local onde Bobby e os outros membros da chamada Resistência estavam escondidos.

Continua após a publicidade

Por pouco, ela é salva e Dean e Ketch resolvem voltar para o local onde se encontrava a fenda por onde chegaram àquele mundo, visto que faltava pouco tempo para que a mesma se fechasse. Nenhum sinal de Mary e Jack. O novo mocinho da história (Ketch) resolve ficar naquele universo para descobrir a localização deles. Dean retorna para o bunker, na esperança de reunir ajuda suficiente para derrotar o exército de Miguel.

Gabriel retoma sua forma de arcanjo e foge.

Ao chegar em casa, Dean descobre que Sam e Castiel haviam ajudado o arcanjo a se recuperar e, que, para isso, haviam utilizado a graça dele. Recuperado, Gabriel mata Asmodeus, se recusa a ajudar na luta contra Miguel e desaparece.

Enquanto isso, no Céu, Lúcifer perde sua única aliada, a irmã Jo, ao ameaçá-la e ordena que os poucos anjos que restam continuem a busca por Jack.

Nem sei porque Sam pediu para que Gabriel ajudasse a derrotar Miguel. O primeiro arcanjo já demonstrou que não tem interesse em salvar ninguém. Já era de se esperar que ele fugiria novamente. Porém, admito que não achei ruim o fim de Asmodeus. Espero que ele não volte!

Ketch está me surpreendendo!

Não o imaginei capaz de querer redenção alguma. Salvou o Dean, a Charlie, quer resgatar Mary e Jack. Entendo que o medo de apanhar de Asmodeus novamente motiva essa bondade também. Vamos ver até quando isso vai durar.

1 comment

Add yours

Post a new comment