Crítica: Chicago Med estreia 5ª temporada de forma chocante ao matar personagem

Estreia quinta temporada de Chicago Med. Connor Rhodes.

Chicago Med não poupou espectadores em retorno

Chicago Med retornou nesta temporada e provou que não tem medo de chocar. A estreia do 5ª ano da atração pela NBC tinha muitas pendências para resolver: Will e Natalie em um acidente, o futuro de Connor e Ava, se April estava mesmo grávida, além do possível diagnóstico de câncer em Maggie. Ufa… Com tantos assuntos assim, a estreia não deixou o público respirar um minuto se quer. E, francamente, adoramos…

O destino de Connor em Chicago Med

Após uma quarta temporada de altos e baixos, Chicago Med ousou na estreia do seu quinto ano, sendo uma das melhores estreias da Franquia Chicago. E, particularmente, fiquei feliz com o encerramento dado a história do Dr. Connor Rhodes. O ator Colin Donnell resolveu deixar a série e por muito pouco não retornou no primeiro episódio da quinta temporada. Mas, ainda bem que voltou. Assim, podemos entender o que de fato aconteceu com o médico, e porque ele quis largar o hospital.

Basicamente, Ava acabou assumindo a culpa pela morte do pai do ex, e francamente foi extremamente chocante. Porém, mais chocante ainda foi o desfecho dado a ela. Ava se matou, na frente de Connor, após descobrir que o hospital havia recuperado o frasco de insulina utilizado para o assassinato e que, em breve, a identidade do assassino seria descoberta. Em uma espécie de surto, Ava tirou a própria vida ao ver que Connor não iria acobertá-la.

E analisando a trajetória da personagem, sempre houveu uma obsessão por parte dela referente a Connor, a ponto dela ter dormido com o pai do rapaz para conseguir o financiamento da sala híbrida. Mas, mesmo assim, achei esse final um tanto impactante. Em pleno mês de campanha contra o suicídio, Chicago Med poderia ter optado por uma fuga que pudesse resultar em um acidente.

Continua após a publicidade

De qualquer forma, esse suicídio – somado a morte do pai – criou um ambiente que não era mais saudável para o Dr. Rhodes. Por isso, ele resolveu ir embora de vez. É um personagem que fará muita falta, afinal ele era um dos médicos protagonistas da atração. Senti falta também de uma despedida apropriada dele com os outros personagens e torço para que num futuro ele reapareça por aqui.

Will e Natalie: um caso a ser estudado

A novela protagonizada pelo casal Will e Natalie continua. E dessa vez, a trama deles realmente parece ter saído de uma novela mexicana. Isso porque, Natalie sobreviveu ao acidente, mas está com lapsos de memória. Nesse meio tempo, seu namorado Phillip acabou colocando um anel de noivado na mão da moça, e saiu espalhando para os quatro cantos que ela havia aceitado se casar com ele. Tudo mentira, claro. Agora, a médica está convencida disso, e Will está mais uma vez como um cachorrinho abandonado, abanando o rabinho para sua amada.

Sério, essa trama precisa ser resolvida logo. Eu adoro o casal, sempre torci por eles, mas não dá para ficar arrastando problemas e problemas, por muitas temporadas. Praticamente desde quando Chicago Med começou o casal não tem estabilidade. Quem sabe, se isso acontecer, eles tenham potencial para crescerem juntos dentro da trama? Torço muito!

Corredores do Chicago Med agitado

O nosso hospital ainda teve bastante agito na estreia da quinta temporada. April acabou descobrindo que não estava grávida, mas ao atender junto com o Dr. Choi um garotinho com uma grave doença, eles se deram conta do amor que pais podem ter. Logo, ficaram tentados em engravidar. O casal, no entanto, concordou que poderá ser posteriormente, ou em um futuro próximo. Mas estou apostando que isso poderá acontecer bem em breve. Eu ia adorar.

Maggie, coitada, está realmente com câncer de mama. E ela continua forte como a personagem que sempre foi. Inclusive, não quer fazer tratamento no Chicago Med, e pretende ir para outro hospital. Tudo isso porque ela não quer passar uma imagem de frágil ou coitadinha. Ela quer permanecer a mesma Maggie forte, alegre, empenhada pelo trabalho que faz e, particularmente, torço para que a história tenha destaque. Maggie é uma excelente personagem, que amamos muito, e vê-la passar por isso partirá nossos corações.

Apenas fechando toda essa agitação, tivemos a entrada do ator Dominic Rains, dando vida ao Dr. Crockett Marcel. Porém, ele não é um médico novo hospital, mas sim um atendente do turno da noite – que parece ser amigos de todos os médicos do hospital. Achei uma estratégia inteligente, colocar um “veterano” do hospital para ganhar destaque, uma vez que no hospital há dezenas de médicos que não fazem parte das tramas da série. E, quem sabe, se o personagem crescer dentro da série, poderá até ganhar um flashback revelando algum envolvimento com personagens da série, afinal sua descrição é que ele é um verdadeiro mulherengo. 

Estamos felizes com o retorno de Chicago Med, e empolgados pela nova temporada. Tem tudo para ser uma das melhores. E você, o que achou do episódio? Deixe nos comentários!

Nota do Episódio9.5
Crítica do episódio 5x01 de Chicago Med, "Never Going Back To Normal", exibido pela NBC nos EUA no dia 25 de setembro de 2019. No episódio, descobrimos o desfecho da história do Dr. Rhodes na série, além do destino de outros quatro personagens.
9.5
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

1 comment

Add yours

Post a new comment