Crítica: Com casos peculiares, Shaun cresce e desenvolve bem no 2×05 de The Good Doctor

Imagem: Divulgação/ABC

Procure um amigo mais fiel que Shaun e falhe consideravelmente

Sim, é muito difícil dizer não ao nosso protagonista. The Good Doctor vem, em mais uma semana, focado nesse confuso relacionamento entre Shaun e Lea. Claro que nem tudo serão flores, porque essa é a vida, mas é interessante ver toda a bagunça. Mesmo que eles não deem certo, o que acho cedo para acontecer, vai ser interessante acompanhar essa evolução. Lea com suas loucuras, Shaun tendo que lidar com ciúmes. Essa mudança renderá bons plots

Quando a vida segue ao seu redor, você tem que cair na real!

Mas até chegar na decisão final, passamos por momentos cruciais no episódio. Seja no âmbito hospitalar ou em casa. Quando Shaun viu Glassman andando ao lado de Debbie, acredito que ele tenha ficado mexido. Se chegasse em casa e Lea fosse embora, teríamos um drama sem fim sobre as costas do nosso querido médico.

Isso é um dos pontos que as vezes me incomoda. Como eles procuram dramatizar certos pontos sobre Shaun. Claro que todos passamos por bons e maus momentos, mas não precisa ser sempre. Por outro lado, estou curioso com a determinação dele. Foi atrás dos seus ideais, mesmo que as vezes  um pouco loucos, e conseguiu o que queria. A cena deles pulando em casa com a notícia de morarem juntos é um desfecho perfeito que coloca um sorriso em cada um de nós.

Continua após a publicidade

Imagem: Divulgação/ABC

Uma patologia neurológica e uma vergonha conjugal baseada na alimentação!

Apesar dos casos semanais parecerem distintos, eles focam no quadro alimentar e suas repercussões. Um ex-obeso, que passou por cirurgia e tem receio de se abrir com o marido sobre quem era. Uma mãe que viveu por anos com uma doença muito séria e que anseia por tratamento. Contudo, não entramos em detalhe de importância, mas são quadros que envolvem diretamente nossos residentes e suas condutas.

Claire não se conteve em buscar medidas para ajudar sua paciente e o pode ter feito, apesar das consequências. Alex também interferiu diretamente em seu caso e não trouxe as melhores consequências, apesar da resolubilidade. A série trata bem da realidade e ainda é triste ver como a aparência destrói muitas vidas.

Um caso de amor e ódio que é difícil prever mas está na cara…

Só não vê quem não quer! Venho batendo nessa tecla toda semana e continuo com minha posição: a tensão sexual entre Melendez e Claire só aumenta. Desde a saída de Jessica, eles batem de frente sem dó por seus pacientes e a hierarquia do hospital agora foi um ponto de conflito. Médico e residente com opiniões diferentes sobre o caso. A persistência dela meche com os sentimentos dele e isso está mais do que nítido. Só que dessa vez, ele usou da terapia de afastamento e tirou a residente do seu quadro. Nos resta aguardar as cenas dos próximos beijos capítulos…

Na próxima semana, mais um embate Rez e Shaun. Ambos com sinceridade a flor da pele, terão uma paciente de manejo complicado pela condição médica. Segue o vídeo da promo para vocês entenderem melhor o que estou falando. Espero vocês aqui na semana que vem e não deixem de acompanhar o Mix para mais notícias e reviews semanais!! Até lá…

Lucas Franco

Lucas Franco

Mineiro, Escorpiano, 20 Anos, Estudante de Medicina. Direto do Arkham Asylum para o Mix. Eterno fã de Chuck, E.R. e Friends (RIP). Por entre as madrugadas vive a dualidade dos estudos e das séries. No Mix, escreve as reviews de Quantico, The Good Doctor e Legends of Tomorrow.

No comments

Add yours