Crítica: Com final surpreendente, 3×18 de LoT garante emoção na próxima temporada

Imagem: CW/Divulgação

Sim, meus caros amigos – e hatersLegends of Tomorrow traz surpresas. Uma final como essa é digna de toda a diversão e essência da série. Depois de uma temporada ainda melhor que a segunda – já sabemos que a primeira não é citada aqui – eles nos proporcionam eventos marcantes. Uma batalha como aquela no fim de tudo trouxe a emoção e diversão em pontos certos. Tudo bem quer depois de dezoito episódio não esperávamos Beebo como um grande salvador, mas não deixa de ser divertido. Essa é a essência que venho falando desde o início. Saber diversificar e não trazer toda a tensão em um só episódio. Como se fosse uma perfeita combinação de todo o Arrowverse – de certo ponto até é…

O retorno de Helen, Jax, Jonah Hex e Kuasa me fez querer uma equipe exatamente como aquela, seria pedir demais?? Mesmo apresentados em episódios diversos, tivemos uma excelente integração. Por sinal senhores produtores, já quero mais de Jonah e Zari e visitas a Themyscira para vermos Helen. O retorno de Jax foi meio surpresa e sua história nesse tempo distante ficou meio forçada, mas conseguimos relevar este final ao personagem. Agora, o retorno de Kuasa cursa com minhas preocupações da mudança temporal do último episódio.

Continua após a publicidade

Imagem: CW/Divulgação

Como o anacronismo de Zambesi altera o Arrowverse?

A presença de Mari no Arrowverse começou em Arrow e isso deveria alterar coisas por lá. Agora que ela não veio mais pra América, pelo que foi dito no episódio, as coisas mudam completamente. Na época, para os que não se lembram, ela ajudou Oliver a rastrear Damien Darhk que havia capturado William. Isso deveria mudar as coisas em todo o cenário, mas não sei o que eles farão. Já vimos que Sara participará deste final de temporada em Arrow, as vezes podemos ter alguma explicação.

Não obstante, ainda temos que trabalhar com o retorno de Amaya à sua tribo. Ainda acredito que ela está grávida e sua descendência vem de Nate, mas nos resta aguardar para averiguar tal informação. Enquanto isso, iremos ter que conviver com o fato dela estar distante por alguns momentos.

No meio de toda a loucura, percebemos algumas interações mais do que especiais. Primeiro vendo Ray e Nora juntos!! Além de shippar fortemente o casal na série, não podemos deixar de comentar do entrosamento que eles tem. Mas óbvio que isso seria tirado de letra, uma vez que ambos são casados em nosso mundo. No fim eu fiquei esperançoso com o retorno da garota em uma próxima temporada, afinal, todos tem uma segunda chance. O que mais me intriga na família Darhk é a “morte” de Damien. Sabemos que o vilão não fica fora por muito tempo, mas será que agora foi definitivo. Eu estava até começando a gostar de sua vertente cômica na série e pelo visto não o veremos mais – ou será que veremos.

A próxima temporada nos promete surpresas de outro mundo…

Este é o ponto chave para decifrarmos a real morte de Mallus. Aquela coisa do nome Mallus/Malice me confundiu um pouco e ainda estou sem saber se aquele era realmente o demônio ou apenas um enviado. Creio eu que seja definitivo mas podemos esperar um retorno no próximo ano? Com toda certeza. A presença de Constantine no final e finalmente na série nos garante isso. Aos que se empolgaram com a vertente de ação/comédia podem esperar por muito mais no próximo ano. Estar perto do exorcista sempre é um motivo para se divertir.

É assim que eu me despeço de mais uma temporada, com a empolgação de um verdadeiro fã. Acredito que o trabalho feito neste ano foi muito bom e a série conseguiu afastar da maldição da terceira temporada. Quem não entendeu o que é isso, procure analisar as terceiras temporadas das séries do Arrowverse…

Uma teoria interessante entre meus amigos Eduardo Nogueira, Álefe Cintra e eu, mas que ficará para outro dia!! Um grande abraço a vocês e nos vemos no final do ano com mais uma temporada.

Não deixem de acompanhar o Mix para mais notícias e reviews e até lá.

Lucas Franco

Lucas Franco

Mineiro, Escorpiano, 20 Anos, Estudante de Medicina. Direto do Arkham Asylum para o Mix. Eterno fã de Chuck, E.R. e Friends (RIP). Por entre as madrugadas vive a dualidade dos estudos e das séries. No Mix, escreve as reviews de Quantico, The Good Doctor e Legends of Tomorrow.

5 comments

Add yours
  1. Avatar
    Isac Marcos 18 abril, 2018 at 16:17 Responder

    Achei fantástico esse final de temporada, com o Beebo gigante então, foi a cereja do bolo. Justamente porque, diferente das outras séries de heróis do Arrowverse, Legends of Tomorrow é a que tem menos compromisso com a seriedade, e isso é genial.
    Espero que ao terem adicionado o Constantine à equipe fixa para a 4ª temporada, tenhamos algo mais perto de uma ‘Liga da Justiça Sombria’, no sentido de caçar não só demônios de quando Malus se libertou, mas tbm encontros com outras entidades cósmicas.

    • Avatar
      Isac Marcos 26 abril, 2018 at 23:19 Responder

      Kkkkkkkkk foi fenomenal isso, justamente pq tirou as resoluções de problemas/lutas do lugar comum através da comédia e tbm pq acredito que surpreendeu a todos, quem ia imaginar um Beebo gigante no final?! Rsrs.

Post a new comment