Critica: Corrida contra o tempo nos novos episódios de Blindspot

A vida de Jane por um fio em Blindspot

Patterson e Rich finalmente encontram a localização das células Stanton que podem curar Jane em Blindspot. Porém, a missão não é tão simples assim. Um bilionário hipocondríaco possui as células, mas só está disposto a cooperar se receber algo em troca. A ideia de Patterson de entregar um livro que possui curas para diversas doenças é bom, exceto pelo fato dela não ter o livro. Assim, ela e Rich embarcam numa verdadeira caça ao tesouro para localizar o livro a tempo de salvar a vida de Jane.

Como uma boa aventura, a dupla precisou decifrar alguns enigmas para enfim encontrar as células. A paisagem do Peru e a trilha sonora deram o tom fantasioso na busca pelo livro mitológico. Ver Patterson e Rich em cena é sempre bom. E mais uma vez eles brincaram com a possibilidade de serem um casal. Depois de toda aventura envolvendo algumas reviravoltas e até mesmo ajuda de Kurt a distancia, eles finalmente conseguiram as células Staton.

Kurt decidiu não seguir seus amigos na missão para aproveitar cada minuto ao lado de Jane. O estado dela era bem crítico nesse episódio. A sensação de morte iminente significa a separação do casal, e esse é o maior medo deles. Mas, como já era previsto Jane finalmente foi curada. E com isso mais um plot dessa temporada se encerra, abrindo novas possibilidades para a série.

Reade e Zapata recrutaram Boston  

Não foi só Jane que esteve por um fio. Desde que Zapata revelou sua missão para Reade, ela precisa provar que está falando a verdade e também manter a confiança de Madeline. O objetivo é derrubar a vilã a todo custo e para isso eles decidem recrutar Boston para a missão. A ideia é simples, substituir Del Toro, o hacker que Madeline tem bastante interesse. Mas estamos falando de Boston, então tudo se torna mais difícil. Apesar de tudo, Boston convence como Del Toro, o que ninguém esperava era que Madeline mudaria os planos. Zapata e Boston entraram nos planos dela totalmente ás cegas. Isolados e incomunicáveis, não tem como Reade ajudá-los.

Imagem: NBC/Divulgação

Madeline em ação 

Desde que ela assumiu a HCI Global, sabemos que havia um plano em andamento. Sem muitas informações, aos poucos tudo foi sendo revelado. Agora chegou o momento de colocar seu plano em prática. Derrubar um avião para lucrar com a tragédia eliminando a concorrência. É claro que esse é só um de seus planos, mas começou com o pé esquerdo. A equipe conseguiu impedir o plano de Madeline, porém não há bônus sem ônus. O disfarce de Zapata foi comprometido, a missão acabou e agora a equipe inicia oficialmente uma guerra.

Jane e Kurt estavam felizes. Depois de todo o turbilhão que passaram, tirar uns dias de folga parecia um bom plano. Eles bem que tentaram, mas quando o plano de Madeline entrou em ação, o FBI rapidamente localizou o casal pedindo ajuda no caso. E lá se foi o merecido descanso.

Zapata e Boston quase morreram e isso serviu para provar que ainda há esperança para eles e seus respectivos pares. Talvez ela volte a fazer parte da equipe, mas nada será como antes, principalmente entre ela e Reade. E quem sabe Rich e Boston tenham uma segunda chance agora?

Remi se foi, Shepherd está morta, Sandstorm destruída e Jane encontrou sua cura. Tudo isso parecia ser página virada, mas parece que Jane ainda não teve seu encerramento. O quebra-cabeças que ela recebe do advogado de sua mãe indica que as tatuagens podem ter acabado, mas os enigmas continuam.

Blindspot retorna com novos episódio dia 08 de março. Até lá!

Tags Blindspot

Share this post

Yuri Alves

Yuri Alves

Bacharel em Direito, fascinado pelo universo dos heróis e um viciado por séries e filmes. Sou um escritor a procura do meu espaço. Amante dos livros e da boa música. A série da minha vida , The OC. No Mix, sou responsável pelos textos de algumas séries como, The Defenders, Dynasty, Blinspot , Ozark entre outras. Quando não estou no cinema ou maratonando uma série estou me aventurando na cozinha.