Crítica: Episódio 3×06 de This Is Us inspira lutarmos por nossos sonhos

Imagem: YouTube/Reprodução

Presente, passado e futuro: Conjugações chaves para This Is Us!

Se anteriormente em This Is Us tivemos ênfase no passado no Toby e Jack, o atual episódio continua explorando algumas cenas do passado, mas o presente acabou tendo maior relevância.

Sabemos que o grande diferencial da série é a linha do tempo e suas mesclas entre presente, passado e futuro não é mesmo? Isso apenas mostra o quanto esse show tem para ser explorado e esses três tempos verbais é o que da a liga nessa receita toda e garante o gostinho de quero mais…

Na saúde e na doença

Esses são um dos votos primordiais ditos em uma cerimônia de casamento. Muitas vezes são ditos apenas da boca pra fora, já outras, são ditos na verdadeira intenção. Aqui estamos com o casal Toby e Kate que vem passando por uma montanha-russa de sentimentos envolvendo alegrias e tristezas, saúde e doença…

Continua após a publicidade

Ao mesmo tempo em que Kate está saudável e feliz com sua recente gravidez, Toby está enfermo e tristonho por conta de sua depressão.

This is Us sempre foi mestre em saber lidar de maneiras sutis com assuntos relevantes do cotidiano. Mais uma vez acertou em cheio ao trazer a depressão como assunto foco e a preocupação de Kate em não saber como lidar com isso. Entendo essa preocupação, pois não basta chegarmos à pessoa e falar “saia dessa cama”, “vista uma roupa, vamos sair”.

Só quem está sentindo essa angústia sabe como é difícil não ter disposição para nada… Toby voltou com os medicamentos e está se esforçando, mesmo não se sentindo totalmente bem. Infelizmente, sabemos que talvez isso ainda não seja eficaz. Aliás, vimos cenas dele no futuro acamado e devastado.

O real motivo? Ainda é um mistério que teremos que desvendar, ou esperar por respostas.

A busca pelos nossos sonhos…

Uma coisa de lei que aprendemos com a vida é “tem jeito para tudo, menos para a morte”. Quando Randall viu-se sem saída em relação à sua candidatura, encontrou uma possível solução que se tornou sua nova motivação para conseguir alavancar bons votos para eleger-se.

O que isso passa para nós telespectadores? Mostra que quando aparentemente estamos sem saída, sempre terá outro caminho, sempre terá uma opção, só não podemos desistir. Devemos lutar por nossos sonhos, tentar até conseguir.

A vida de Randall é uma excelente motivação. Visto que foi abandonado quando criança, uma família maravilhosa o adotou e, desde então, ele batalhou para chegar aonde chegou. Enfrentou preconceitos, aprendeu a conviver num ambiente de outra cultura, mas não deixou a sua verdadeira de lado – buscou por identidade -, superou obstáculos, construiu uma belíssima família e seguiu os mesmos passos do falecido pai, tanto biológico quanto do adotivo.

Ainda falando sobre sonhos, Kate insistiu no de ser mãe, e está caminhando para que isso se torne realidade. Kevin almeja conhecer mais sobre o passado de seu pai e não está medindo esforços para que isso aconteça!

Ademais, todos estão passando por uma fase de correr atrás daquilo que os motivam e isso é ótimo!

Aprendendo lidar com desafios

Beth está passando por um momento complicado. Uma mulher forte que nunca precisou depender de homem nenhum, encontra-se desempregada. Mesmo tentando não sair da linha, acabou tendo um pequeno surto com as filhas. Isso a torna menos forte? JAMAIS! Agora terá o desafio de trabalhar junto com Randall em sua carreira política.

Kate questionou-se de estar pedindo conselhos aos trintas e poucos anos para sua mãe… Normal recorrer à mãe quando surgem novos desafios. Mas, foi como Rebecca falou, em vários momentos ela terá que escolher e arriscar qual será a opção certa. Se caso escolher a errada, quer dizer que ela falhou? NÃO!

Portanto, sempre iremos encontrar desafios, muitas vezes acertaremos nas escolhas, outras não… O que vale no final é o aprendizado.

O que será que esses novos desafios reservarão para elas?

Até a próxima!

Tags This Is Us
Rodrigo Chechi

Rodrigo Chechi

Pedagogo formado pela UNESP. Especializado em Educação a Distância para a Docência pela UNIARA. Mestrando em Educação pela UNESP. Apreciador de vinho, café, séries e músicas. Um coração igual de mãe, sempre cabe mais uma série! rs No Mix escreve as reviews de This is Us, Pretty Little Liars (RIP), Orphan Black (RIP).

No comments

Add yours