Critica: Episódio 4×16 de Blindspot resgata trama central da temporada

Jane está fragilizada com tudo que tem vivido em Blindspot

Depois de fugir um pouco da trama central, a montagem inicial do episódio de Blindspot fez uma breve retrospectiva dos últimos acontecimentos importantes envolvendo Madeline e suas ações. Agora que ela ganhou atenção, o FBI tem a chance de finalmente capturá-la. Enquanto isso, Jane passa por algumas crises e precisa enfrentar sozinha seus próprios demônios.

Jane está completamente desestabilizada após o recente encontro com um ex-membro da Sandstorm e as recentes memorias que ela recuperou. Rever os itens que marcaram sua antiga vida só piorou tudo. Ela passa por um conflito de emoções de Remi e Jane e acaba procurando ajuda através de terapia. Mas as memórias de Remi começam a paralisar Jane. E após algumas consultas mau sucedidas, ela acaba recorrendo a sua última e talvez única opção, Borden. Alguém lembra dele? O terapeuta do FBI que na verdade era um infiltrado da Sandstorm e quase matou Patterson.

Infelizmente, ela não gostou do diagnostico dele e fico feliz que alguém finalmente tenha dito a verdade a ela. De fato Jane precisa parar de criar uma divisão entre ela e Remi. Ela precisa aprender a lidar que Jane e Remi são a mesma pessoa. Ela fez, sim, todas aquelas coisas horríveis, mas hoje é uma pessoa melhor. Ela deve superar tudo isso, senão ela não vai conseguir seguir em frente.

Madeline Burke you are under arrest!

Fugindo dos casos de bomba, o problema desse episódio foi um cartel, mas precisamente a equipe teve que lidar com um assassino do esquadrão da morte desse cartel. Ele tentou executar Zapata e Reade, enquanto eles investigavam o apartamento de Madeline. Enquanto a equipe investigava, membros executivos da HCI Global eram executados. Se Zapata se tornou alvo do cartel, Boston também está em perigo e essa foi a desculpa perfeita para Rich ter por perto seu ex. Apesar de trazer Boston para a proteção do FBI, ele ataca Boston com comentários absurdos e desnecessários. Rich vira um bobo perto do ex.

A vilã bem que tentou, mas não teve tanta sorte assim. Apesar de tentar encobrir seus recentes crimes, Madeline não tinha muita saída. Ela bem que tentou fugir, só não esperava que o FBI estivesse trabalhando pesado para detê-la. Zapata teve o prazer de dar a voz de prisão e evitar que Madeline fugisse. O episódio funcionou muito bem, cheio de adrenalina. É por episódios como esse que dá gosto de ainda acompanhar Blindspot.

Mas Blindspot não termina um episódio sem uma reviravolta. Prender Madeline pode ter parecido um pouco fácil, mas ela é esperta e tinha uma carta na manga. Se o FBI tem Madeline, Dominic, o comparsa da vilã agora tem Jane. Vem mais drama para Kurt e sua equipe.

Até próximo episódio.

 

Nota do episódio8
Review do episódio 4x16 de Blindspot, intitulado "The Night of the Dying Breath".
8
Tags Blindspot

Share this post

Yuri Alves

Yuri Alves

Bacharel em Direito, fascinado pelo universo dos heróis e um viciado por séries e filmes. Sou um escritor a procura do meu espaço. Amante dos livros e da boa música. A série da minha vida , The OC. No Mix, sou responsável pelos textos de algumas séries como, The Defenders, Dynasty, Blinspot , Ozark entre outras. Quando não estou no cinema ou maratonando uma série estou me aventurando na cozinha.