Crítica: Episódio 7×03 de Chicago PD trouxe nova integrante agitando a Inteligência

Chicago PD deu “boas-vindas” a novo membro

Tem rosto novo em Chicago PD e ela atende pelo nome de Rojas! O terceiro episódio da sétima temporada da série – exibido nos EUA pela NBC – tratou de inserir corretamente a personagem no dia a dia da Inteligência. E estamos felizes que mais um integrante esteja chegando no time do barulho de Voight. Porém, ao contrário de Hailey, Vanessa é totalmente movida pelo coração. Será ela capaz de quebrar regras para seguir seu instinto?

Continua após a publicidade

Uma família quebrada

Rojas chegou no momento exato em que a família policial de Hank Voight está meio quebrada, sem total sintonia. Jay não confia em Voight, enquanto Ruzek confia demais… Hailey só faz o que é correto, e Antonio evaporou (um elefante branco na sala). Vanessa Rojas chegou para movimentar, porém no primeiro caso em que se envolveu ela já atraiu a antipatia do chefe. Mas trabalhando com Hailey ela irá aprender uma coisinha ou duas. E morando com ela também? Rojas parece ter uma história legal a nos contar.

A segunda família quebrada e bizarra

Estávamos precisando de um Girl Power e tivemos muito. O caso da semana neste episódio foi em torno de uma mulher – Alexa – que comandava o show todo. Ela organizava o tráfico de drogas, as garotas “mulas”, desviando da polícia com muito jeitinho, sem responder a homem algum. Era, de fato, um poder feminino para o mal. Ela criava rede de garotas que sentiam-se em débito com ela, imensamente gratas. E se tem algo que mulheres sabem fazer bem é retribuir na mesma intensidade, seja coisas boas ou ruins. Porém, algumas delas passaram a aparecer mortas, e isso instigou a polícia a fechar o cerco contra ela.

O caso contou com a investigação de Rojas, atuando ao lado de Upton, que acabou conduzindo toda a inteligência para um momento bastante apreensivo, em que os policiais tentaram encurralar a traficante. Porém, Alexa foi surpreendida quando Karla – uma de suas “mulas” – resolveu acabar com a festa, retribuindo as facadas que ela dava nas garotas que tentavam “escapar” do esquema.

Upton e Rojas em Chicago PD. Imagem: NBC/Release

Além disso, a história foi intensa porque Alexa tinha uma revolta dentro de si, em relação aos abusos que as mulheres sofrem de homens. Mas, em contrapartida, cometia outros tipos de abusos – e chegava até matá-las, caso não atendessem suas expectativas.

Toda mulher deveria ter seu lugar seguro na sociedade, sem precisar da proteção de coisas perigosas, como as drogas. Toda mulher deveria ter uma vida que valha a pena viver. Todavia, as meninas que Alexa dizia ajudar eram marcadas como gado, e isso é revoltante. A única coisa que me fez sentir mal pela cena da facada foi que Karla iria presa por isso.

Continuidade e destaques

Rojas estava disfarçada e chegou para a equipe de Voight em outro rápido caso de disfarce. Realmente a continuidade falha miseravelmente nessa série (socorro), mas por qual motivo Rojas foi cair aqui? Além disso, e sobre toda aquela sujeira que o Ruzek estava dentro, vai passar? Ninguém vai falar nada sobre isso? Sobre as novas parcerias… Todos aceitaram bem além da Upton? Rojas e ela formaram uma ótima dupla!

Estou ouvindo rumores de Burzek, será? Tenho algumas sugestões haha. Façam diálogos entre os personagens fora dos casos do episódio. Temporada passada estava um sucesso este ponto, e nessa até agora nada. Humanizem os personagens, coloquem relacionamentos para alguns, amigos, parentes, amantes, sei lá. Chicago PD pode mais!

Além disso, palavras. Todavia, são necessárias.

E você, o que está achando da nova temporada? O que acharam da nova membro da Inteligência? Contem para nós!

Nota do episódio:8.5
Crítica do terceiro episódio da sétima temporada de Chicago PD, intitulado "Familia".
8.5
Tags Chicago PD
Caroline Marques

Caroline Marques

Engenheira de Alimentos, mestre em química de alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Stranger Things. Reviewer de Chicago PD.

No comments

Add yours