Crítica: Olivia Pope volta às origens no 7×14 de Scandal

scandal 7x14
scandal 7x14

Imagem: ABC/Divulgação

A redenção de Olivia é cada vez mais real em Scandal

Depois de todo aquele “auê” em cima de mais um plano maquiavélico de Cyrus, Scandal exibiu um episódio com o foco que venho aguardando. Depois disso ter começado no crossover, a redenção de Olivia foi o ponto principal novamente por aqui.

Disposta a derrubar o vilão, é claro que ela tentaria mostrar isso, mas sem ninguém acreditando. Isso tudo soaria clichê se não fosse por um detalhe: Abby. Depois de tudo que nossa protagonista fez, a ruiva ainda decidiu dar meio que um novo voto de confiança em Liv. Sinceramente pensei que ela viraria as costas, assim como os demais do QPA.

A grande surpresa foi da personagem recorrer a Fitz, mas um caso caiu como uma luva em suas mãos. Um pai desesperado atrás da filha desaparecida, fã de Olivia Pope. Não sei vocês, mas esse foi o momento em que gritei “MINHA SCANDAL TÁ VIVA!”. A sensação que tive foi de assistir a um episódio da primeira temporada, e cara, que coisa maravilhosa aquilo. Mesmo estando perdida de tudo, ela contou com o ex-presidente e Marcus, para solucionar esse novo caso em suas mãos.

Continua após a publicidade

A busca pela queda da máscara de Cyrus e uma improvável aproximação

Imagem: ABC/Divulgação

Os gladiadores de Quinn continuaram a investigação em cima de Cyrus, com as informações que Abby trouxe a eles. Ele foi tão estratégico e inteligente, que nem a equipe conseguiu acompanhar o caso desenrolando. Se Liv não tivesse cometido todas atrocidades na primeira parte da temporada, com certeza estaria ajudando-os nessa. Afinal de contas, ela seria uma peça fundamental e tanto nessa história.

Uma coisa que me incomodou profundamente foi a aproximação de Mellie e Jake. Tipo, qual a necessidade disso? No episódio passado a tensão entre eles já foi alta, aí me inventam um problema de coluna whatever, que serviu de combustível para os dois ficarem próximos. A cena deles fazendo o planejamento fiscal, e uma “atração” rolando, foi a coisa mais inútil desse episódio, sinceramente. Ainda bem que nossa presidente caiu em si, e logo colocou o embuste no seu devido lugar”.

O empoderamento dentro do Congresso

Liv continuou suas buscas em encontrar a estagiária desaparecida do Congresso. Com o computador que ela pegou da moça, e com a ajuda de Marcus, foi descoberto uma espécie de lista de profissionais que teriam que dormirem com os políticos. Quando vi aquilo meu estômago embrulhou, de como isso infelizmente é tão real e pode prejudicar a vida de uma mulher. Alisha perdeu o emprego dos sonhos, e acabou tirando a própria vida.

Esse plot teve um desenvolvimento muito importante, que serviu de alerta da importância desse tipo de assédio, como qualquer outro, ser exposto. Meghan, colega de quarto de Alisha, e ex-companheira dela de estágio, se permitiu fazer um discurso expondo toda essa podridão. Esse foi o ápice do episódio, que espero que tenha servido para mais alerta às mulheres vítimas de assédio em ambientes de trabalho.

Com o encerramento desse caso, uma coisa se tornou inevitável. Podem xingar, reclamar, entre outras coisas, mas Olitz é uma das essências da série. Essa volta ao básico mostrou como Olivia e Fitz funcionam em cena, e esse foi outro fator que no final das contas fez lembrar a primeira temporada. Não adianta, os dois terminarem juntos é uma possibilidade muito grande, a não ser que um deles morra. Sinceramente, essa é uma hipótese que não descarto de forma alguma.

Cyrus ataca novamente

Enquanto isso, os gladiadores decidiram abrir mão das investigações de Cyrus, ao descobrir que Liv foi quem deu a informação a Abby. Nessa brecha, o vilão contra atacou mais uma vez, sendo capaz de incriminar Charlie, para tirar o seu de reta. Isso pra mim me deixou extremamente irritado, mas de certa forma serviu de algo importante. Com essa reviravolta, Quinn acabou recorrendo à ex-amiga nos instantes finais do episódio. Será que a reconciliação entre as duas acontecerá, assim como ocorreu com Abby? Haja coração, e faltam 3 episódios para o series finale.

Tags Scandal
Eduardo Nogueira

Eduardo Nogueira

Administrador apaixonado por séries e música, sou fã assumido de Friends, e tenho guilty pleasure pelas séries da CW. No Mix sou editor de reality show, cobrindo atrações do gênero como as franquias The X Factor , The Voice, American Idol, entre outros. Faço também reviews das séries Mom, Supergirl, The Good Place, Scream, Fuller House e da brazuca A Garota da Moto. Além disso, deixo vocês sempre atualizados com as nossas Bolhas de Cancelamento, e também escrevo as colunas de Elenco e Teu Passado Te Condena. No tempo que me sobra faço um café para as visitas, rs. Ufa!

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Vitor Luiz Gomes Mota 27 março, 2018 at 17:29 Responder

    Curtindo mto esses ultimos episodios de Scandal!!! Parece que a série vai ter um final a altura dos tempos gloriosos de Pope e cia!!

Post a new comment