Crítica: Família Castillo de volta ao jogo no episódio 5×13 de How to Get Away With Murder

Que a reta final de How To Get Away With Murder ia ser surpreendente eu nunca duvidei, mas desse jeito é pra matar a gente do coração

Murder sempre inova em seus plots twists, mas essa semana eu fiquei sem saber o que sentir com as revelações que foram entregues. Reciclagens são sempre ótimas. Mas até onde apostar em plots que não tiveram tanto sucesso é bom? Responderei as questões mais a frente, vamos ao fatos da semana.

Continua após as recomendações

O tiro saindo pela culatra em Murder

Anteriormente, Emmet estava sendo acusado pela Governadora de ter assassinado Nathaniel. Afinal, todas as ligações levavam a ele. Tegan e Annalise não piscaram em se aliar para derrubar o chefe. Qual a melhor forma de fazer isso? Seduzindo! Homens, sempre tão fáceis… Inesperadamente ou esperadamente, como queiram, o plano não saiu como planejado. Annalise acabou logo com o clima e a tensão tomou conta do encontro dos dois. Antes de tudo, deixa eu dizer uma coisa, como Annalise e Tegan sendo tão espertas foram conversar sobre Emmet na Caplan & Gold? Ô minha gente, às vezes eu acho que é de propósito, pois não é possível a burrice. Óbvio que iam ser descobertas por ele.

Com o intuito de por fim as desconfianças de Annalise, Emmet vai atrás da advogada para dizer que não cometeu o crime. Paralelo a esse bate boca, Bon Bon está sendo pressionada por Nate pelas imagens da câmera do presídio.

Continua após a publicidade

Um novo “vilão” é revelado

Dessa maneira, lá vai Bonnie ameaçar o diretor do presídio. Com as imagens em mãos, o que fazer? Descobrir quem é o homem. Emmet e Miller sendo descartados, quem é o rapaz misterioso? Só Frank conhecia aquele rostinho, e é aí que eu digo, volta um velho plot. A familia Castillo is in the house! 

Em resumo, o irmão de Laurel visitou Nathaniel. Até que ponto ele estaria envolvido nisso? E que motivos eles tinham para mandar Nathaniel? Sinceramente, eu fiquei um pouco confusa com essa volta deles à história, mas no fim percebi que não tinha gostado mesmo.

Imagem:ABC/Divulgação

Finalmente agora que agente tinha se livrado dessa história chata de Laurel e mama Castillo, que aparentemente está morta. Fica mais uma dúvida no ar… Quem matou Sandrine? Isso se ela estiver morta.

Apenas mais dúvidas e um plot que eu achei desnecessário. Fico com a impressão de que o roteiro queria surpreender e estão metendo os pés pelas mãos. Só me sensibilizei com Laurel porque ninguém merece receber um presente macabro daqueles.

Por fim, temos Miller morto, Nate culpadíssimo, Emmet por dentro dos esquemas, um novo vilão solto e com muito dinheiro. Season finale está batendo na porta e eu tenho medo da quantidade de respostas que estamos aguardando em tão pouco tempo.

Outros pontos do episódio

Anteriormente, eu tinha dito que os Keatings iam meter os pés pelas mãos. Isso está cada dia mais perto. Agora sabendo que o FBI sabe de tudo, pra um deles fazer besteira é rapidinho.

Ao mesmo tempo que amo, estou odiando Oliver e Connor. Totalmente sem necessidade esse caso para tentar recuperar o notebook.

Quem eu não citei é porque não tinha nem que estar aqui.