Crítica: Final da 5ª temporada de Vikings tem todos contra Ivar e surpreende

Uma finale de Vikings emocionante para uma temporada morna

Chegamos ao final da quinta temporada de Vikings. Desde que Ivar dominou Kattegat, os demais irmãos prometem vingança. Sendo assim, esse episódio mostrou a tão esperada batalha. E o melhor, um desfecho inesperado. Além disso, vimos Freydis tendo uma importância relevante na trama.

Ivar é, sem dúvidas, o maior estrategista que a série já teve. Ragnar foi brilhante ao longo de sua trajetória na trama, não podemos negar. Mas em questão de estratégias de batalha, The Boneless está um passo a frente até mesmo de seu pai. Sendo assim, Bjorn e afins perdem a batalha para o caçula dos Lothbrok, o que para mim foi uma surpresa. E claro, o espetáculo do episódio foi algo que deve-se pontuar: As lutas em Vikings continuam um show à parte. Michael Hirst, o diretor da série, sabe o que fazer nesse quesito. Não são poupados sangue, nem detalhes.

Muito era especulado sobre o papel de Freydis. Com o “golpe da barriga” em Ivar, transformou-se em um péssimo personagem e mesmo assim não agregava em nada na trama. Contudo, isso mudou. A garota parece não aceitar as desculpas do rei de Kattegat sobre a morte do filho e, assim, resolve ajudar Bjorn. Não vou dizer que era evidente que isso aconteceria, mas também não foi uma grande surpresa. A personagem, desde o começo, carregava essa aura de que, em algum momento, faria algo contra Ivar.

Surpresa mesmo foi a sua morte. Não que duvidássemos que Ivar seria capaz, mas até mesmo como aconteceu. Ela nem se deu ao trabalho de negar que foi ela quem entregou a passagem secreta. A série não perde nada com a sua morte. Mas a personagem que prometia muito, cumpriu apenas um terço de sua trajetória de transformar um rei pirado em algo pior ainda, e acabando com seu reinado aos 45 do segundo tempo.

Bjorn, agora rei de Kattegat, reencontra Lagertha

Imagem:History/Divulgação

Hail King Bjorn! Temos agora, de fato, um rei que merece o trono de Kattegat. Apesar de eu particularmente ter sido team Ivar por um bom tempo, devo confessar que Bjorn é quem merece essa posição. Seu personagem vinha tão apagado e perdendo espaço, que esse episódio foi sua volta por cima. O seu discurso em frente aos soldados de Ivar foi espetacular. E tinha que ser mesmo. Kattegat foi seu lar a vida toda, ele não deveria matar quem eram seus vizinhos e amigos, por conta de Ivar. Ponto para Vikings, isso foi sensacional!

E não para por aí: Se Ubbe nos lembra tanto o pai, Ironside não fica para trás. Vê-lo sentado no mesmo lugar que Ragnar usava para pensar antes das batalhas foi nostálgico. Claro que ver e ouvir Ragnar de novo na série – mesmo que como um pensamento –  é confortante.

E agora? O que acontece?

Bjorn agora é rei de Kattegat e tem quase todos os irmãos ao seu lado – sem contar Lagertha, para governar o local. Com base nos trailers e noticias que já temos sobre a nova temporada, Ivar tentará recuperar a cidade. Já que o mesmo, ao ver que não ganharia a guerra, resolveu fugir.

Ainda sobre os irmãos, estou ansiosa para ver a aproximação de Ubbe e Hvitserk, já que eles não se falam desde que Hvitserk abandonou Ubbe para se unir a Ivar.

Notas rápidas sobre a temporada

  • Com a morte de Heahmund, Lagertha agora poderá seguir em frente de vez. A personagem não teve grande destaque e perdeu sua essência. Esperamos que ela volte a ser a personagem que amamos ver em batalhas nas temporadas passadas.
  • Bjorn agora ocupa o posto mais alto em Kattegat e promete, também, voltar a ser o que era. O que me preocupa ainda é a sua relação com Gunnhild, já que Ironside passou a maior parte da temporada atrás de mulheres.
  • Alfred, o grande destaque da temporada, voltará ainda mais poderoso na sexta temporada. Hirst já confirmou que o rei de Wessex terá muitas coisas para resolver. Mas dessa vez, sem os conselhos da mãe, do irmão ou Lagertha.
  • Floki, o personagem mais prejudicado, vem tendo um plot horroroso. Espero que agora, na reta final, isso se ajeite.
  • Ivar, agora sem Freydis, volta a ser o louco psicopata que gostamos de assistir. Fugiu para reunir forças e, então, atacar Kattegat novamente.
  • Hvitserk parece mesmo ter abandonado Budah, mas o futuro do personagem ainda é incerto. Ele deu uma estagnada na temporada, mas, na reta final, foi peça importante para o desfecho.
  • Ubbe, outro grande destaque da temporada, chega com ainda mais moral à Kattegat. Espero que sua relação com Torvi crie raiz, para que possamos ter um Ragnar/Lagertha do futuro.
  • Harald foi ferido no batalha, não sabemos o que o personagem fará na próxima temporada. Até onde sua aliança com Bjorn irá. Mas de uma coisa é certa: O novo rei de Kattegat teve sua vida salva por ele. Isso renderá bons frutos.
Tags Vikings
Avatar

Letícia Garcia

Paulista, porém mora na Carolina do Norte. Jornalista e apaixonada por séries e futebol. Grey's Anatomy é a série da vida, mas também é fã de Spartacus, Supernatural, Vikings e Friends. No Mix de Séries escreve as reviews de Vikings, Prison Break, 13 Reasons Why e Riverdale.

No comments

Add yours