Crítica: Mesmo chata, 911 revela segredo de Buck no 4×03 e 4×04

Crítica 911 4x03 4x04

O que está acontecendo com a série?

911 já teve dias melhores. E é com muita dor no coração que digo isso. A série, que teve duas temporadas impecáveis, começou a decair um pouco a qualidade no terceiro ano – mas mesmo assim se manteve. No entanto, a quarta temporada está se saindo bem “arrastada”.

Continua após publicidade

Não sei se é uma escrita preguiçosa, ou a comparação com as temporadas que foram ótimas, mas se olharmos a derivada 911 Lone Star, por exemplo, a série está fazendo uma trama envolvente e bem amarrada, muito melhor do que a série original está fazendo.

Continua após a publicidade

De qualquer forma, ela lançou um “segredo de Buck” que despertou o interesse de alguns fãs e, quem sabe, a partir daqui, ensaie uma melhora.

Continua após publicidade

Fazendo um “auê” pela terapia

Acredito que o terceiro episódio foi um “zero à esquerda” para a série. Não somou em nada à trama principal e só serviu para “encher um pouco a linguiça” do roteiro.

Mas é interessante ver como que muitas pessoas ainda fazem um “auê” para quem faz terapia. Buck começou a visitar uma, e logo os personagens acharam que na verdade ele estava saindo ou namorando com alguém. Mas ficaram surpresos quando ele revelou que, na verdade, estava indo ver a médica e que tinha conflitos que ele precisava resolver.

Continua após publicidade

Confesso que quando vi Buck falando sobre tais conflitos, obviamente, me veio à mente a questão da sexualidade. Afinal, é o sonho de todo fã de 911 que Buck, em algum momento, fique com outro homem e se assuma bissexual (na verdade a gente quer ele fique só com o Eddie mesmo, né).

Mas, enquanto Buck e Eddie nunca formarão o casal que TK e Carlos são em 911 Lone Star, aparentemente, Buck está com conflitos sobre o seu passado. Ele não se sente “encaixado” e isso liga um sinal de alerta em Maddie. A irmã de Buck talvez saiba qual é o problema, e logo começa aquele lance de “segredo” no maior estilo João Kleber. O que tem na caixa? Só no final do episódio descobriremos!

É isso?

O quarto episódio ficou nessa promessa de revelar qual era o segredo. Maddie acabou contando para Chimney, que acabou possesso e precisou “soltar” para o irmão. Mas, na verdade, a ânsia dele fazer a fofoca era tão grande que ele precisou contar para um potencial suicida, que depois ele conseguiu salvar em um dos chamados.

Pois bem. Mas, no fim das contas, os pais de Buck e Maddie chegaram na cidade, e a visita não foi bem vista com os olhos de Buck. E tudo ficou claro porque, obviamente, os pais favorecem mais Maddie do que o próprio Buck – embora, eles não aparentam ser o tipo de pais amáveis.

Imagem: Divulgação.

[spacer height=”10px”]

O ápice do encontro foi quando eles trouxeram uma caixa de lembranças de Maddie, quando bebê, algo que eles passassem de “geração para geração”, uma vez que ela está grávida. E Buck ficou chocado ao ver isso. Quando questionado se ele tem uma, o silêncio reinou.

Conversa vai, conversa vem, Buck acabou achando uma foto na caixa de Maddie, ao final do episódio, e quando questionado sobre quem era, ela acabou soltando: este era o irmão deles, que morreu. UAU!

É, confesso que esperava uma reviravolta bem mais chocante. Ok, guardar um segredo sobre o irmão que morreu realmente é bem intenso. Afinal, porque os pais forçariam Maddie a nunca contar sobre ele? E o resto da família? E as fotos? Enfim…

Eu tenho uma teoria de que, na verdade, esse irmão morreu de alguma doença, e Buck foi gerado para tentar salvá-lo, sem sucesso. E por isso que os pais possuem esse ressentimento de Buck, mas o coitado não tem culpa. Enfim, isso é só um palpite meu, e no próximo episódio veremos se faz sentido ou não.

Quero a 911 que eu gostava de volta 

Mas confesso que a cada episódio que passa estou desanimando com a série. Mas resistirei. Isso porque entendo que toda série tem seus altos e baixos.

Nós já vimos o quão 911 pode ser boa, então é difícil vê-la em histórias fraquinhas. Até mesmo o lance de May, filha de Athena, ir para a central dos socorristas está me soando uma história bem “tanto faz”.

Ficarei na torcida para que as coisas melhorem, afinal, 911 merece!

E você, o que está achando da temporada? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.