Crítica: Morte de Lily dá o tom para os episódios 1×11 e 1×12 de The Resident

Imagem: FOX/Divulgação

O bicho está pegando no Chastain…

As coisas estão realmente feias nas bastidores do Chastain Park Memorial Hospital. Após se depararem com a morte de Lily, as consequências deste evento refletiram na vida de todos. Os episódios 1×11, “And the Nurses Get Screwed“, e 1×12, “Rude Awakenings and the Raptor“, mostraram que os chefões não estão para brincadeira, e estão dispostos a fazerem de tudo para manterem sua reputação. De tudo, mesmo!

Nic paga o pato na morte de Lily!

Deu pena de ver como Nic se ferrou na história de Lily, no episódio 1×11. E meu ódio por Lane aumentou ainda mais. Sério, alguém para essa mulher? Ela está desenfreadamente tratando pacientes de câncer com doses altíssimas de quimioterapia, e a única que percebeu isso foi Nic.

Fica claro que foi exatamente isso que matou Lily, mas a renomada médica deu um jeito de jogar a culpa para os cuidados da enfermeira. E como todos que defendessem Nic corriam risco de serem também derrubados, todos deram um passo atrás. O único disposto a defendê-la foi Conrad, e adivinhem? Lane deu um jeito de afastar o médico da apuração da morte de Lily.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Para completar, Lane se juntou mesmo ao MAMED. Agora, eles são um casal poderosíssimo, e juntos controlam o Chastain de cabo a rabo. Bell, que não é bobo nem nada, depôs a CEO para conseguir o cargo, e a partir de agora controlará tudo no hospital. Foi nessa posição que ele acabou demitindo Nic. Mas ele se enganou, pensando que se livraria de um problema. Porque uma vez Emily Thorne em Revenge, sempre Emily Thorne…

A sujeira de Lane vai além!

Em “Rude Awakenings and the Raptor“, Nic não se conforma com sua demissão e passa a investigar Lane por conta própria. O mais interessante é que a enfermeira descobre que há todo um passado por trás dessas altas doses que a médica aplica.

Nic vai até a médico que teve a carreira encerrada por descobrir os feitos de Lane e confrontá-la em outro hospital. O conselho dele? “Fuja de Lane“. Eu se fosse Nic, daria uma acalmada, porque pelo que vimos ela já está sendo seguida e até mesmo ameaçada. Aquele cara estranho que apareceu na porta da ex-enfermeira foi no mínimo suspeito. Fiquei com um pouco de medo do que ele possa fazer, confesso. E o que mais me dá nojo, é a cara de cínica que Lane faz toda vez que se depara com os “bonzinhos” tentando arrumarem a bagunça. Te cuida Lane, o que é teu ta guardado.

Esse episódio ainda teve um caso incrível, envolvendo Bradley, aquele médico que tirava turnos incansáveis e que chegou a desmaiar uma vez em cirurgia com Bell. Dessa vez, ele caiu do alto do hospital direto na sala do Conselho Médico. Que bomba – literalmente. Claro que Bell alegou suicídio, mas estava na cara que tinha a ver com a necessidade do médico fazer turnos extensos.

No final, os médicos descobriram um problema de coração causado pelas substâncias que Bradley estava tomando, combinando com energéticos para ficar acordado. E tudo o que ele queria era ser notado. E linkado à este caso, o novo médico Austin deverá ser um desafio para Mina. Ele chegou contratado por Bell, e está altura da nossa médica favorita. Arrogância com arrogância, poderá se tornar um afeto, não acham? Claro, não estou falando romanticamente, mas sim profissionalmente. Acho que os dois poderão fazer coisas grandes juntos dentro do hospital. E quem sabe, ele se torne uma peça chave na luta desses médicos contra as bizarrices feitas pelo MAMED. Acho que ele colocou um Cavalo de Troia dentro do Chastain e nem sabe…

Continua após a publicidade

Estou curioso para ver o desenrolar dessa história, e na torcida para que Lane seja desmascarada logo. Mas, pelo visto, isso não será uma tarefa fácil.

Faltando 2 episódios para o fim da temporada, o que esperam dessa reta final?

 

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours