Crítica: O Alienista tem 2ª temporada obscura com “Angel of Darkness”

Crítica O Alienista 2 temporada

The Alienist está de volta!

A segunda temporada de O Alienista (The Alienist) está entre nós, e ela chegou com o subtítulo “Angel of Darkness” (Anjo da Escuridão). A mais nova sequência do drama da emissora TNT demorou um pouco para acontecer, porém, veio cheia de mistérios e belos figurinos.

Para quem não lembra, a primeira temporada nos envolveu em uma história um tanto quanto pesada sobre crianças, assassinatos e roubo de órgãos. E agora, com uma ambientação super obscura, para manter o clima de suspense, mergulhamos em Nova York de 1890 com Sara Howard, John e Laszlo, mais uma vez.

Novo ano

Para a segunda temporada, não economizaram nos clichês, hospitais suspeitos, casas abandonadas e bebês roubados. Contudo, a construção foi interessante misturando dramas pessoais com os complicados casos. Além disso, trazendo toda a neblina e poeira de Nova York na década de 1890, com seus bares e gangues que tomavam conta de determinados territórios.

Eu sou suspeita, pois adoro a temática desta época, – e frente ao modo que vivemos hoje, não consigo imaginar como era aquele tempo, onde as pessoas que tomavam poder de um espaço cobravam pedágio para que outros coexistissem lá. Eu sei que este coronelismo ainda existe, mas ainda encontro dificuldade de entender a submissão das pessoas a este tipo de absurdo.

Continua após a publicidade

Show de interpretações

Enredo histórico à parte, tivemos um show de Dakota Fanning (Sara Howard), que deu um passo adiante em seu sonho de trabalho, com seu próprio escritório e mulheres como funcionárias também detetives. Não obstante, quando pensamos que ela ia assumir o amor com John, ela mais uma vez foi sensata.

E contrariando a lógica da dramaturgia, deixou o mocinho para a mocinha, e ficou só como heroína dos crimes mesmo. Acredito que naquela época pouco disto acontecia, mas gostei de ver na telinha mesmo assim. Mulheres competentes conseguindo seu espaço? Sim, não me canso de ver.

Mantendo na temática de toda forma de amor, até Laszlo – que nunca apareceu com conexões românticas, conseguiu alguém a altura de seus devaneios. Até mesmo resolveu sair de sua zona de conforto. Daniel Brühl é um ótimo ator em seu papel contido, porém, a temporada foi das mulheres. Dakota reinando totalmente com aquela voz suave, que eu fico em dúvida se ela é a mocinha ou a vilã muitas vezes; Rosy McEwen como Libby foi amedrontadora demais e Melanie Field uma graça como Bitsy, a aprendiz de detetive.

Luke Evans também retornou ao seu papel como o jornalista John Moore, e resolveu mostrar várias coisas além de sua lealdade e presteza. Piadas a parte, gostei do papel dele nesta temporada, não por ser rejeitado várias vezes por Sara, mas por ter construído uma relação de respeito absurda pelas decisões dela. Um homem que admira uma mulher, e a deseja mas soube respeitar seu espaço e sonhos. Mais interessante foi ele, em sua posição e maturidade assumindo que queria família, filhos, um lar. Sara, sabendo que não seria a perfeita opção para aquele cenário fez-se entender.

O Alienista 2 temporada

Trio retorna para segunda temporada. Imagem: Divulgação.

Vale a pena assistir

Praticamente toda a equipe criativa é nova nesta temporada. Stuart Carolan assume como roteirista, e o ex Peaky Blinders, David Caffrey, assume efetivamente como diretor principal. A transição é relativamente suave – ainda parece O Alienista, só que menos uma continuação e mais uma “outra história”, mas a qualidade da produção continua alta.

Se teremos uma próxima temporada não sei. Talvez com a brusca mudança de cenário algum caso novo e interessante poderia render uma nova temporada completa. A segunda temporada de O Alienista foi mais curta, mais objetiva, revelando a assassina antes dos tramites finais, e dando mais graça para a caçada. Estão, até mesmo comparando a temporada com a mais nova queridinha Perry Mason, da HBO.

Não foi empolgante nem magnífico mas eu gostei! Sem dúvidas, uma ótima pedida para maratonar no final de semana – assim que estrear na Netflix.

E você, é fã de O Alienista? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando todas as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota da Temporada8
Crítica da segunda temporada de O Alienista (The Alienist), que tem o subtítulo Angel of Darkness, e foi exibida nos EUA pela TNT.
8
Caroline Marques

Caroline Marques

Engenheira de Alimentos, mestre em química de alimentos, um tanto quanto viciada em séries, filmes e livros. Fã de Hannibal, Dexter, Grey's Anatomy, Demolidor, Sherlock e Stranger Things. Reviewer de Chicago PD.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    VIVIANE DE FATIMA MAGALHAES 18 agosto, 2020 at 03:47 Responder

    Não gostei do final da Sarah e John. Acho que o legal seria eles ficarem juntos mesmo com toda a diferença de objetivos de vida. A tal da Violet só queria um nome pra circular com respeito na alta sociedade.
    E ter uma profissão, ser respeitada não significa viver sozinha, solitária. Essa é uma visão.tão equivocada, quanto aquela machista de que a mulher só se realiza e é feliz ao lado de um homem e com uma família.

Post a new comment