Crítica: O caos tomou conta do episódio 2×20 de Riverdale

Imagem: CW/Divulgação

Continua após as recomendações

E claro, Black Hood ataca novamente!

Impressionante o quanto a série molda os personagens de maneira tendenciosa. Eles querem mesmo nos levar a acreditar que Hal não é o super vilão, mas ao mesmo tempo, nos sugerem o contrário. Contudo, com aquele discurso, ficou no ar o quão culpado ele é.

O ataque, durante o debate, levantou a ideia de que Hal armou aquilo apenas para não parecer culpado. E junto com tantas teorias, aí vai mais uma: Chic na verdade está vivo e do seu lado. Ok, calma, são apenas teorias.

Continua após a publicidade

Voltando ao episódio, Riverdale vem fazendo um bom trabalho nessa reta final. Sem enrolação e jogando todas as pistas e plots de uma vez. E falando nisso, a morte de Midge ganhou voz, mesmo que de uma maneira negativa. Como em uma boa série dramédia teen, os alunos iriam se revoltar e ir atrás de qualquer um que pareça culpado, apenas para saciar o desejo de vingança. E o escolhido foi Fangs. Claro que nós sabemos que não foi bem assim, porém o personagem não contava que a fita seria divulgada. Além do mais, o fato de ser um South Side, aumentou o desejo do povo por justiça.

Imagem: CW/Divulgação

Continua após a publicidade

Ainda sobre Fangs, que injustiça! Porém, estava na hora de bagunçarem um pouco e levantarem culpados. O que ainda (ainda) não desce, é o grupinho justiceiro comandado agora por Reggie. Grupo esse que claro, só dá bola fora. Sério, não tem nada mais sem noção. A não pera, Archie está batendo de porta em porta atrás do Black Hood… perdeu o posto Reggie.

Para animar ainda mais essa reta final, Veronica vem recebendo um grande destaque. Bem diferente do inicio da temporada. A jovem agora de uma vez por todas, percebeu o quanto o pai é tóxico e tenta, até mesmo, afastar a mãe. É pedir muito para que aconteça essa mudança com o Archie?

Por último, mas não mesmo importante – na verdade, o mais importante: Betty. A típica jovem sem sal das séries teen, é hoje uma exceção a conta. Essa linha tênue entre a sanidade e a perversidade que ronda a personagem está sendo, de longe, a maior evolução do show. O jogo que ela está iniciando com o próprio pai por respostas é incrível. Só vem Dark Betty!

Confira da promo do próximo episódio, o penúltimo da temporada:

 

Tags Riverdale
Avatar

Letícia Garcia

Paulista, jornalista e apaixonada por séries e futebol. Grey's Anatomy é a série da vida, mas também é fã de Spartacus, Supernatural, Vikings, Sons of Anarchy e Friends

No comments

Add yours