Crítica: Poder de trigêmeas é foco no episódio 2×06 de The Gifted

Imagem: FOX/Divulgação

The Gifted traz mais um episódio forte, colocando os holofotes especialmente em Reed, Lorna e Esme

Podemos ver diferentes lados de personagens que já conhecemos há algum tempo em The Gifted. O episódio nos leva de volta a oito anos atrás, onde vemos as trigêmeas trancadas em uma instalação do governo. Logo, descobrimos o passado trágico envolvendo elas e que elas são na verdade clones.

Assim, de volta aos dias atuais, Esme ainda está sofrendo com a memória de Marcos queimando seu braço. Em virtude disso, as irmãs só usam roupas com mangas por causa da insegurança de Esme. Porém, é interessante ver as irmãs começarem a ter personalidades únicas. Além do mais, é fácil observar como o Circulo Interno agrada a ela. Mas podemos nos perguntar, se Reeva não está manipulando ela também.

Em seguida, Esme leva Lorna para o local onde acontecerá o ataque e explica o seu passado para tentar convencer Lorna a de fato confiar nelas, por estar preocupada com seu bebê e sua segurança. Consequentemente, ela descobre que Esme entrou na mente de sua filha. E, sem dúvidas, o confronte dela com Esme é uma das melhores cenas do episódio.

Continua após a publicidade

Assim, a conversa entre elas, no fim, nos traz uma carga emocional e é um desempenho maravilhoso tornando o episódio mais forte. Já para lado de Caitlin e Lauren, elas descobrem que basicamente Rebecca é uma psicopata que matou sua família com seus poderes e que elas precisam salvar Andy o mais rápido possível.

Em contrapartida, temos a resistência tentando ajudar um grupo de refugiados mutantes a escapar de uma armadinha

Mais uma vez liderada pelo triste agente Turner que cada vez tenta justificar suas ações por um bem maior. A principio, parece que o ódio contra mutantes pode passar dos limites. Agora é esperar para ver se o agente vai continuar do lado deles.

Enquanto isso, Reed tenta abrir uma parede com seus poderes e logo vimos toda uma emoção reprimida ao longo de anos, que parece ser o botão de ligar dos poderes dele. No entanto, na última cena do episódio, seus poderes ficam incontroláveis e ela não é capaz de pará-los. Com toda certeza, a narrativa poderá ser desenvolvida entre um possível confronto entre pai e filho. E espero que seja no melhor estilo Star Wars.

O que você achou do episódio de The Gifted? Gostou? Então não perca o próximo episódio!

Tags The Gifted

No comments

Add yours