Crítica: Pressão por todos os lados no episódio 6×05 de How To Get Away With Murder

Imagem do 6x05 de How To Get Away With Murder

Murder transbordou emoção e pressão essa semana

O que não faltou em “We’re All Gonna Die” de How To Get Away With Murder foram lágrimas. Um episódio repleto de pressão e gente desconfiada por todos os lados. De tudo que vimos até agora, sem dúvida esse foi um dos melhores episódios.

Continua após a publicidade

Na semana passada, Frank foi deixado na porta da casa de Bonnie entre a vida e a morte. A partir daí, acompanhamos por flashbacks toda tortura que ele sofreu nas mão de Xavier e seus capangas. Os Castillo sempre no centro das coisas ruins que acontecem. Frank se recusou a ajudar a encontrar Laurel e foi punido severamente.

Aliás, Bonnie foi a pessoa que mais sentiu. Apesar de todo desastre que é a vida de todos, é nítido o quanto eles sempre se apoiaram. Como a gente já esperava, Frank conseguiu se recuperar e, aparentemente, ele vai deixar essa história de Laurel para trás. Sinto muito por ele ter tomado essa decisão tão tarde.

Emoções à flor da pele por todos os lados em Murder

As lágrimas ficaram por conta de Tegan e Annalise. As advogadas não pouparam sentimentos transbordados. Tegan resolveu seguir em frente com divorcio e, ao ver Cora, percebeu que ainda a amava. O que não foi recebido nada bem, pois Cora não sente o mesmo e já seguiu em frente.

Ai, gente! Que cena linda de quando Tegan deixa tudo e sai chorando no chão da Caplan e Gold. A vontade que eu tive de sair correndo pra abraçar ela foi tão grande.

Já Annalise inventou de ouvir as fitas das suas sessões com Sam. O que é um grande baque, né? Pesa você parar e pensar que acobertou a morte de alguém que você amou tanto. Por mais crápula que Sam fosse, algo de bom ele despertou nas mulheres que tocou. Pode ter sido manipulação? Pode! Mas não vamos entrar nessa discussão. Hahahahaha

Finalmente a origem do dinheiro misterioso

Completando o andamento dos plots soltos Bonnie entregou Nate para Annalise. Sabe o que eu achei? Eu achei foi tomé! E agora ela sabe do pé na traição que Nate está. Fora tentando provar a todo custo a culpa que ninguém consegue ver em Tegan, fazendo Nate ir atrás de Cora.

Além disso, descobrimos de onde saiu o dinheiro que Annalise citou semana passada. E do mesmo jeito que veio, foi embora. E é aí que entra Saloman. Aparentemente, o pai de Michaela deve muito mais que obrigação à Annalise. Por isso digo que esse cara não é o santo que pintou pra filha, saindo de vitima numa história que ele podia ter comprado bem antes.

Enfim, fechamos essa semana descobrindo onde vai acontecer o crime. A casa dos Keatings por mais irônico que pareça, é mesmo o lugar ideal pra acontecer um assassinato. E Tegan já chega defendendo alguém que tem poder, hein? Seria Saloman o cliente da Caplan e Gold agora? Ansiosa para descobrir! abc.com Além disso, completo.

Nota do Episódio 9
Review do quinto episódio da sexta temporada de How To Get Away With Murder intitulado "We’re All Gonna Die".
9
Renata Ribeiro

Renata Ribeiro

Publicitária, Alagoana e arretada!

No comments

Add yours