Crítica: Próximo da season finale, 2×09 de The Good Place foca na evolução dos protagonistas

The Good Place NBC 2x09

Imagem: Colleen Hayes/NBC/Divulgação

Continua após as recomendações

Próximo da reta final, The Good Place já nos introduz ao epílogo de sua segunda temporada. Após os últimos acontecimentos, esperei por mais reviravoltas nesse episódio, porém não foi certamente o que rolou. Mesmo assim, tudo que se passou em Best Self serviu para ver o quanto nossos protagonistas mudaram desde o começo da série.

Com o “Lugar Ruim” fake prestes a ser apagado de vez, o foco a princípio foi justamente mostrar o que aconteceria com o quarteto a partir de agora. Quando Michael falou do plano de levá-los ao verdadeiro “Lugar Bom” logo estranhei, pois por mais que ele vem mostrando cada vez mais que está mudando, se ele realmente soubesse como fazer aquilo teria feito isso de imediato.

Continua após a publicidade

O lance do balão, não vou negar, foi uma encheção de linguiça das grandes, mas isso não quer dizer que o episódio foi um desperdício, muito pelo contrário. Mesmo sendo um filler, algo comum quando uma série está chegando na reta final de sua temporada, nos serviu para mostrar a evolução do quarteto. Hoje vemos que mesmo tendo ainda seus defeitos, é nítida a quantidade de qualidades que eles mal sabiam que tinham. Eleanor é a principal, que finalmente pode expor seus sentimentos e vulnerabilidades, mesmo ainda continuando seu jeito politicamente incorreto de ser.

Agora todos eles estarão indo ao verdadeiro “Lugar Ruim”, e já estou curioso para saber como deve ser o local. Algo me diz que o plano de ir até lá para então chegar ao “Lugar Bom” pode até dar certo, mas será que eles se adaptarão às duas novas realidades. Isso com certeza serão os pontos abordados nos próximos episódios, até chegarmos a tão esperada season finale. Vamos aguardar para ver, mas que doeu ver aquele delicioso pandemônio de lugar sendo deletado, ah isso doeu.

Nenhum comentário

Adicione o seu