Crítica: Saída de Severide no episódio 8×07 de Chicago Fire agitou a trama

Severide deixa batalhão no 8x07 de Chicago Fire

Batalhão 51 sem Severide

Baixa no Batalhão 51 de Chicago Fire. O mais recente episódio do drama de bombeiros exibido nos EUA pegou os fãs de surpresas com a saída de Severide do Batalhão. Mas calma, tudo dá indícios de que será provisoriamente. Será?

Continua após a publicidade

Saída de Severide foi um sacrifício pelos amigos

Essa trama acabou caindo como uma luva, para agitar as coisas. Acontece que Severide foi convidado para integrar a equipe de investigações de incêndios, papel que ele inúmeras vezes preencheu ao ajudar na apuração dos chamados que a equipe já atendeu. O convite, inicialmente, veio formal – e recusado por ele, afinal, Severide garantiu que estava muito feliz com seu posto no 51. Porém, todos foram pegos de surpresa quando sua transferência saiu, mesmo sem ele concordar.

Claro que nosso bombeiro não ia deixar barato e foi atrás do responsável, que logo que ele descobriu se tratar de Grissom. O comissário quis, mais uma vez, se meter no meio da vida de Severide e lançou essa transferência sem qualquer conversa com o bombeiro. Relutante no início, Severide acabou sendo convencido a integrar parte do time e, portanto, está fora do Batalhão 51.

Porém, essa saída não veio em vão. Primeiro que, como condição, ele solicitou que uma queixa contra Hermann – feita por um policial durante o episódio – fosse retirada. Com isso, o amigo dele não foi afastado do cargo, por um motivo “bobo”, afinal Christopher foi intimado por que mexeu em uma viatura durante um chamado. Segundo: Severide tem em mente que, o Batalhão 51 precisará de um substituto e o Chefe Bolden já deixou claro quem é o seu número 1 na linha sucessória: sim, estamos falando de Stella Kidd.

Após participar da conferência de líderes, Stella mostrou-se apta a ser promovida e essa será a sua grande chances. Além disso, será incrível vermos no Batalhão uma mulher na liderança. Finalmente, a história está prometendo reviravoltas interessantes para acompanharmos. Vale ressaltar que, com Severide incorporando o time de investigadores, isso também poderá trazer tramas interessantes para os episódios uma vez que Severide não deixou a série. Vamos aguardar…

Enquanto isso no Batalhão

O poder da amizade mais uma vez ganhou destaque, agora com a trama de Cruz. Ele foi até uma feira fazer uma amostra da ferramenta desenvolvida por ele só para descobrir que ele estava sendo plagiado. Mas os amigos do 51 foram lá para dar uma força e, graças a eles, Cruz conseguiu provar que o novo produto era uma fraude.

Nesse meio tempo, o batalhão atendeu um chamado envolvendo um sequestro, que foi bastante emocionante. Casos como esse mostram a qualidade das filmagens de Chicago Fire, que colocam os atores em cenas de risco sem usar qualquer efeito especial. Ponto para a série, por continuar se empenhando em trazer cenas de tirar o fôlego.

Já Brett ensaiou um possível novo romance que fora logo descartado. Porém, Casey está demonstrando cada vez mais estar se interessando pela paramédica. Gostei que esse possível romance vem sendo construído aos poucos e não jogado assim, de uma hora para outra. Será interessante, inclusive, quando Gabby retornar. Será que ela dará a benção ou ficará com ciumes? Vamos aguardar…

E você, o que achou do episódio, “Welcome to Crazy Town“?

Nota do Episódio9
Crítica do episódio 07 da oitava temporada de Chicago Fire, intitulado "Welcome to the Crazy Town", exibido nos Estados Unidos pela NBC.
9
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Mestre em História, apaixonado por mídias, é o editor responsável e idealizador do Mix de Séries. Eterno órfão de Friends, One Tree Hill e ER, acompanha séries desde que se entende por gente. No Mix é editor de colunas e de notícias, escreve a coluna 5 Razões e resenha a série Gotham.

2 comments

Add yours
  1. Avatar
    Jéssica Dornelas 11 novembro, 2019 at 17:45 Responder

    Sou contra o romance da Brett e Casey já que ela era a melhor amiga da Gabi , já que a série sempre foi mas focada na amizade de todos

  2. Avatar
    Michelle 15 novembro, 2019 at 00:14 Responder

    Completamente horrível esse romance da Brett com Casey. Não me imagino nem de longe namorando ex marido de mulher que foi uma das minhas melhores amigas, achei isso bola fora demais.

Post a new comment