Crítica: Sky Rojo é a nova La Casa de Papel – só que melhor

Crítica Sky Rojo melhor que La Casa de Papel

Série da Netflix é envolvente e até melhor que La Casa de Papel em muitos sentidos

Álex Pina, o criador de La Casa de Papel, assinou um acordo com a Netflix para a produção massiva de novas séries. Natural, após o grande sucesso de seu hit espanhol. E a primeira produção que ele lançou, depois deste acordo, não convenceu muito – White Lines. Que era uma série sem graça, e sem qualquer apelo.

Continua após publicidade

Mas agora, Pina resolveu voltar as suas origens, e olhar mais para La Casa de Papel. Com isso, entendeu o que de melhor fez naquela série para criar algo novo e inteligente, tão envolvente quanto. Estou falando de Sky Rojo, a nova série da Netflix que vem sendo chamada de “a nova La Casa de Papel“. Realmente, ela tem muito da essência da série, mas ouso dizer que ela pode ser até melhor.

Continua após a publicidade

Pega-me, se for capaz

Ao assistir os episódios de Sky Rojo, você entende a semelhança com La Casa de Papel. Não é só o fato de ter o mesmo criador, mas a forma de narrar a história é exatamente a mesma. Uma voz em off, contando e explicando ao espectador os passos do personagem. 

Continua após publicidade

Na história, acompanhamos a vida de três garotas de programa, que trabalham para um prostíbulo local, e que basicamente venderam sua alma para um cafetão, em troca de proteção e dinheiro para suas famílias. Mas em determinado momento, elas se revoltam, por não aguentaram mais as situações humilhantes que passam.

Então, em um golpe certeiro, elas pensam matar o cafetão e, a partir disso, começam uma fuga. Mas claro que a trama não entregaria isso tudo de bandeja, e o cafetão na verdade não morreu. Com isso, dois de seus capangas começam a rastrear as garotas, que enquanto isso seguem fazendo um rastro de crime e destruição por onde passam.

Continua após publicidade

A história pode parecer simples ou boba. Mas Sky Rojo tem algo honesto na sua narrativa, de não se levar tão a sério. Algo que La Casa de Papel tenta fazer todo instante. Com isso, as bizarrices e loucuras, que você sabe que não aconteceriam na vida real, se tornam plausíveis aqui. E com isso, Sky Rojo fica mais leve, divertida e bem melhor de maratonar.

Sky Rojo 2 temporada
Imagem: Divulgação.

Outro fato interessante é o tempo de execução dos episódios. Em 25 minutos, muita coisa acontece. E a série tem um ritmo acelerado, como se a cada capítulos conferíssemos o terceiro ato de um filme, onde geralmente tudo acontece.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Logo, os oito episódios da primeira temporada passam em um instante. E isso é muito bom.

Personagens envolventes

Vale destacar que nada adianta a série ter ritmo se, ao mesmo tempo, não possui personagens interessantes. E Sky Rojo acerta em cheio. 

Coral, Wendy e Gina, as três protagonistas, possuem uma história de fundo extremamente interessante. Mas Coral acaba assumindo um protagonismo nato ao se envolver com um dos capangas do cafetão Romeo, o bandidão Moisés. Este, aliás, que é vivido por Miguel Angel Silvestre, de Sense8, que ao mesmo tempo que coloca uma expressão de gente boa no capanga, também sabe se impor quando necessário.

Mas as três meninas carregam marcas do passado, que se somam a experiência obtida por trabalhar no local, mas ao mesmo tempo na inocência em que acreditam conseguir uma vida melhor em breve. Essa ingenuidade, aliás, é o que vale para torcer por elas.

Em certo ponto, há um “quê” de Good Girls, onde elas fazem o errado, acreditando no certo. E em pouco tempo, nos vemos torcendo por elas. 

O irmão de Moisés, Christian, também tem um bom espaço, principalmente ao caçar as garotas. Mas os dois também possuem problemas do passado, e isso se torna um grande atrativo. 

Imagem: Divulgação.

Vale a maratona

Com um humor pastelão, e cenas que você se pega dizendo, ‘eu não acredito que isso está acontecendo’, Sky Rojo é uma ótima opção de maratona.

E mesmo que o plano final para as garotas escaparem se mostre simplista, mas deixando um gancho intrigante para a próxima temporada, é o tipo de série que vai ficar na boca da galera. Talvez, até de uma forma mais impactante que a própria La Casa de Papel.

Todos os episódios já estão disponíveis na Netflix.

E então, você gostou da série? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do Mix de Séries.