Crítica: Star Trek Discovery nos leva ao planeta natal dos Trill nesse 3×04

Ainda tentando entender esse futuro em que foram parar, Star Trek Discovery vai até o planeta natal dos Trill atrás das memórias de Adira.

Nesse episódio de Star Trek Discovery, aprendemos mais sobre o simbionte que ocupa o mesmo corpo de Adira. A jovem gênio agora está vivendo em harmonia com um simbionte originário do planeta Trill, pertencente ao quadrante alfa da galáxia. Antes de Discovery, o planeta já havia sido mostrado em outras séries da franquia como The Next Generation Deep Space Nine.

Continua após as recomendações

Dessa vez, a tripulação da Frota Estelar foi atrás de respostas e da mensagem de Senna Tal. O almirante foi um dos sete hospedeiros do simbionte Tal ao longo do século XXXII. Dessa forma, o passar de um hospedeiro para o outro, o simbionte carrega as memórias do hospedeiro anterior, gerando uma grande rede de recordação e conhecimento.

Além disso, o episódio também ajudou a entender o porquê de Adira, mesmo não sendo pertencente ao planeta Trill, foi escolhida pelo simbionte. Assim como Michael, Adira também não teve sorte no amor e acabou vendo Grey morrer em seus braços. Só que, diferente da comandante, Adira agora carrega as memórias de seu namorado. Se isso é bom ou ruim só saberemos nos próximos episódios.

Continua após a publicidade

Star Trek: Discovery | Confira as imagens e sinopse do episódio 3x4

Imagem: Divulgação.

Suru tenta levantar o astral da tripulação

Entretanto, depois da volta de Michael, Saru assumiu definitivamente a posição de capitão da USS Discovery, sendo a comandante o seu número um. Essa foi, sem dúvidas, uma das decisões mais bem tomadas da humana. Igualmente, mesmo sendo uma das melhores membras da Frota Estelar, Michael já mostrou várias vezes sua incapacidade em seguir protocolos, algo essencial para um capitão a serviço da Federação dos Planetas Unidos.

Como capitão, Saru buscou, de cara, algo que pudesse levantar o astral da tripulação. Assim, após todos os conflitos e dramas que passaram, é fácil entender o porquê dos membros da USS Discovery não estarem em plena saúde mental. Mas a decisão de Saru acabou gerando um conflito, principalmente porque Keyla parece estar bastante abalada após os últimos acontecimentos.

Ao que parece, a saúde mental dos personagens deve ser um assunto recorrente ao longo dessa temporada. Isso pode ser um dos grandes pontos desse terceiro ano de Discovery. Depois de dois anos de bastante ação e mistério, agora é um bom momento para focar nos personagens.

Outros destaques do episódio

  1. Georgiou continua roubando a cena em todo episódio. É incrível como Michelle Yeoh consegue levar pra tela uma terráquea que mistura o deboche com a soberba de uma forma muito divertida de assistir.
  2. O relacionamento de Stamets e Culber ainda está um pouco confuso de se entender. Espero que seja melhor desenvolvido ao longo dessa temporada.

Continue acompanhando as reviews e notícias da série aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota do Episódio8
Review do quarto episódio da terceira temporada de Star Trek: Discovery, do CBS All Access, intitulado "Forget Me Not".
8

Nenhum comentário

Adicione o seu