Crítica: Suits retorna nos apresentando um Harvey completamente babaca no 7×11

Imagem: USANetwork/Divulgação
Imagem: USA Network/Divulgação

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

Parece que foi uma eternidade que rolou o tão aguardo beijo Darvey…

Meu seriado favorito mal voltou e eu estou com um ódio mortal das atitudes de Harvey Spector para cima da minha ruivinha Donna. Sério, eu tive uma vontade tremenda de dar uns tapas na cara do Harvey nesse episódio para ver se ele acordava. Era até de se esperar que ele estivesse confuso com o beijo, mas pedir para a Paula morar com ele e agir como um idiota para cima da sua ex secretária é pedir para levar uma surra, isso sim! Eu sei que para ele não deve estar sendo nada fácil ver Jessica sendo expulsa da Ordem e saindo definitivamente da firma, mas nada justifica as atitudes que ele teve nesse episódio.

Continua após a publicidade

Tive uma dó da Donna! Eu senti que ela, novamente, mentiu para Harvey e colocou a sua felicidade em segundo plano. É notório o quanto ela o ama e só mesmo ele para não perceber isso. Agora que foi um choque saber que os dois já dormiram juntos, isso foi! Porque eu não me lembro desse acontecimento. Será que estou tendo alguma amnésia?

Continua após publicidade

Bom, de qualquer forma, Donan divou (que novidade!) e sambou na cara de Harvey, mostrando o que ele estava perdendo. Sem contar o quanto eu fiquei feliz por saber que ele mesmo melou o relacionamento com a Paula. ADOREI a cara de sonsa que ela fez quando descobriu sobre a noite de Darvey e estou na torcida para que role um remember até a season finale, e que desta vez Harvey e Donna fiquem juntos. Vou até fazer promessa para Santo Expedito!

Essa história da expulsão da Jessica da Ordem realmente me pegou de jeito.

Jamais passou pela minha cabeça que ela poderia perder sua carteira por conta de Mike. Pior ainda foi ver Louis e Harvey tentando o impossível para dar um final digno para a amiga. Às vezes, eu até me esqueço o quanto Louis mudou no seriado e para melhor. Esse Louis que vimos nesse episódio nada lembra aquele Louis que chantageou para ganhar seu nome na parece da PSL e por mais que tenha sido dolorido escutar aquela carta, eu sei que era a melhor alternativa para que Jessica pudesse ter um pouco de paz. Sem contar que Louis me surpreendeu muito com seus conselhos nesse episódio, especialmente para Donna. A amizade dos dois é um dos maiores presente que Suits me trouxe e se Harvey não acordar logo, ele vai perder a ruivinha para seu sócio novamente!

Continua após publicidade

Agora o que eu mais amei no episódio foi poder ver e rever Mike e Rachel trabalhando juntos.

Eu sei que nada supera a parceria de trabalho e dos tribunais entre Harvey e Mike, mas os noivos dão um show quando colocam a mão na massa. Rachel estava bastante apagadinha no seriado e agora que a atriz que a interpreta será a futura princesa da Inglaterra, estava com medo da personagem sumir de vez de Suits e só voltar para o casamento. Ainda bem que os roteiristas estão dando alguma história digna para encerrar a jornada da personagem no seriado. Eu ainda não sei como Suits sobreviverá sem o Mike Ross, então, estou curiosa para saber o que os roteiristas vão aprontar.

PS: É pedir muito para que Alex vire fixo?