Crítica: Tell Me A Story tem episódio 1×05 marcado por assassinato

Imagem: CBS/Divulgação

Quem tem medo do lobo mau? Nesse episódio de Tell Me A Story, nem tudo é o que parece!

Depois de ver esse episódio de Tell Me A Story, você provavelmente vai parar de julgar o livro pela capa e da mesma forma rever seus conceitos sobre os personagens dessa série.

Até o episódio anterior, Nick se comportava como o personagem bonzinho. Mas seu comportamento mudou radicalmente como um tapa na cara. E se antes eu achava que Ethan seria o lobo mau nesse script, o professor decidiu pegar o título de volta de uma forma que ninguém esperava. Em “Madness” – loucura -, alguns personagens finalmente se revelaram, mostrando sua outra face.

Primeiramente, o episódio se incia mostrando o dia seguinte após o confronto entre Jordan e Eddie. Jordan bateu, porém acabou apanhando bem mais. E, como consequência, chegou ao limite entre o que separa a realidade da fantasia. Ele então começa a ver Beth em todos os lugares, oscilando entre o que é real e o que é apenas resultado de sua imaginação.

Continua após a publicidade

Em seguida podemos observar Kayla e Tim, ambos dando uma trégua nos desentendimentos. Mas essa harmonia só dura até o café da manhã. Por mais que Tim tente, em sua relação com a filha, todas as tentativas acabam falhando. Uma vez que Chapeuzinho culpa o pai pela morte da mãe, bem como acredita cegamente que o chef tinha um relacionamento extraconjugal.

Os irmãos Hannah e Gabe

Hannah e Gabe estão de volta à casa dos pais. E, embora sua mãe se mostre receptiva e feliz por ter os filhos de volta ao lar, a veterana do exército deixa claro que ainda tem mágoas do passado. O padrasto Richard também se mostra receptivo e tenta apartar o clima de confronto entre mãe e filha, se propondo a ajudar os irmãos.

Toda a raiva de Hannah é motivada pelo fato da mãe ter abandonado a família – o pai diagnosticado com câncer, ela e Gabe – por Richard. E é claro que tivemos uma discussão entre mãe e filha, onde Hannah expôs seus sentimentos e mágoas. Apesar de Gabe ser mais compreensivo em relação a perdoar a mãe e aceitar o padrasto, Hannah não se deixou comover pelas lágrimas e o pedido de perdão da mãe.

Lobo dos três porquinhos?

Por outro lado, Eddie fala novamente com Mitch sobre Jordan e as suspeitas de que ele esteja de posse da máscara de porco usada no assalto. Mitch, que parecia despreocupado no início achando que não passava de uma fase de loucura do irmão drogado, agora começa a temer que a polícia ou mesmo Sam chegue até eles.

Jordan começa a colocar em prática seu plano para descobrir quem mais estava com Eddie no dia do assalto. Seguindo o barman, ele então descobre Mitch. Obcecado em descobrir o terceiro envolvido, ele usa de todas as formar para aterrorizar psicologicamente os irmãos. Nesse ponto, Jordan dá a entender que está se transformando em outra pessoa, justificando suas novas atitudes e possivelmente se tornando um dos lobos da série.

Não posso concluir que ele seja o lobo da história dos três porquinhos até o momento. Pois ainda espero que a série me surpreenda da mesma forma que aconteceu sobre Nick. E também é preciso considerar que Jordan ainda está na fase de luto após uma perda recente. Logo, suas ações momentâneas não significam que ele irá se transformar em um justiceiro da noite para o dia.

Acertando as contas

Já Nick tem sido chantageado por Ethan desde o ultimo episódio. E é claramente visível que o professor não gosta de perder o controle de nenhuma situação. Não demora muito para Nick ir acertar as contas com Ethan, uma vez que não gosta de ser ignorado vai confrontar o aluno e coloca as cartas na mesa. Ou melhor resolve o problema cortando o mal pela raiz e deixando um psicopata a menos no mundo.

Apesar da atitude de Nick não ser a mais adequada, é fato que Ethan estava se descobrindo um psicopata em formação, que já possuía um histórico oportunamente escondido pelos pais ricos. E da mesma maneira não ia demorar muito para fazer futuras vítimas.

Lobo em pele de cordeiro

Quanto a Nick, agora, sim, lobo em pele de cordeiro, surpreendeu pela forma em que conduziu os acontecimentos. Pois não parecia ser o primeiro crime do professor. Quem é o lobo mau agora? Enquanto Chapeuzinho confidenciava para sua avó que havia conhecido um cara doce, sensível e gentil, quem poderia dizer que esse mesmo cara seria capaz de esfaquear um de seus alunos até a morte?

Como assassino revelado, as perguntas sobre o que aconteceu no passado de Nick para que ele se transformasse em um assassino tão cuidadoso permanecem até o próximo episódio. Nessa história seria Nick o lobo? Estaria Kayla ligada ao professor muito antes se sequer conhecê-lo?

Enfim, o episódio termina com a chapeuzinho procurando o lobo. E em um segundo o professor volta a ser o cara doce e gentil pelo qual ela está apaixonada. Kayla está tão cega que não percebe nada de errado em Nick, que se despe de todas as evidências, enquanto despista mais uma vez a chapeuzinho.

No comments

Add yours