Crítica: Tensão invade os médicos de Grey’s Anatomy no episódio 15×17

Episódio de Grey’s Anatomy foi tenso

Cristina Rocha conseguiu levar seu Casos de Família para o hospital de Grey’s Anatomy! É, meus caros, a tensão rolou solta em episódio que tinha tudo para ser inesquecível. Mas, que no final, afundou legal! Nós já esperávamos por um conflito na família DeLuca e, talvez por esse motivo, o que rolou entre os irmãos DeLucca não nos chocou tanto.

Era de se esperar que papai DeLuca fosse fazer besteira e que causaria um mal estar na família, porém, achei que tudo rolou muito rápido. O cara mal apareceu e bum… deixou um climão entre DeLuca filho e Carina. Poxa! Os roteiristas perderam uma oportunidade de ouro em dar um plot decente e interessante para o novo boy magia da Meredith Grey.

Eu só queria que esta tensão que vimos neste episódio durasse mais e DeLuca provasse todo o seu valor como médico no seriado. O cara pode ser lindo e tal, mas, para alguns, sempre será o namorado de Meredith Grey; ele precisava de uma história decente para ser conhecido como Andrew DeLuca, não como o carinha que anda dormindo com a chefona da coisa toda. #Xateada

Drama desnecessário

Toda a história envolvendo Teddy e Owen nesse episódio foi cansativa. Sério, pra quê ficarem insistindo num círculo ou quadrado amoroso tão sem graça como esse? Eu sei e até entendo que Teddy está esperando um filho do ruivão, mas nada que justifique tanto mimimi. Até porque Owen insistia em afirmar que amava Amelia até uns segundos atrás e, agora, parece que ele está confuso.

Eu estou começando a acreditar que os roteiristas querem porque querem fazer de Teddy e Owen um casal, uma vez que perceberam que não dava para rolar o mesmo com Karev e Meredith. É, meus caros, todo esse drama que a vida de Owen vem se resumindo está me irritando. Eita homem indeciso; uma hora ele quer uma coisa e, na outra, ele nem sabe o que quer! Por mais que amei vê-los juntos, meu amor é mais de amizade do que de um shipper!

Se Owen ainda está se remoendo pelo fora da Amelia, a mesma não pode dizer o mesmo. Parece que a médica já está seguindo em frente (ou tentando) e encontrou em Link uma porta para sair da confusão amorosa de seu ex marido. Não sei vocês, mas senti mais química entre ela e Link do que existia em Omelia. Ok, eu posso ainda gostar de Omelia, porém, esse casal perdeu o brilho no momento em que os roteiristas de Grey’s Anatomy decidiram brincar com os fãs.

Novidades na área?!

Pois bem, enquanto Owen não sabe o que quer da vida, Amelia vem se mostrando mais lúcida e decidida a não sofrer mais. A aproximação de Link foi um tiro certeiro, porém, está longe de se mostrar convincente de que veio para ficar. Algum passarinho vem cantando em meus ouvidos que o beijo entre os dois médicos não causará tanto efeito quando a enrolação de com quem Owen ficará.

De qualquer forma, uma coisa é certa: os roteiristas acabaram com qualquer chance de Omelia nessa temporada. Uma pena, pois eu estava gostando de ver os dois juntos cuidando de Leo e da fake Beth. Mas, vida que segue… E se não bastasse tudo isso, ainda fui obrigada a assistir um Owen indeciso o episódio inteiro. #NinguémMerece!

Porém, parece que as novidades não param por aí em Grey’s Anatomy. Tudo indica que, em breve, Jo receberá uma visita nenhum pouco contagiante. Isso porque decidiram ressuscitar a mãe da Senhora Karev. O que vem por aí só Deus sabe e os roteiristas também. Minha aposta é que teremos um terremoto em Jolex, justo agora que eu estava na torcida por um bebê dos dois.

Nota do Episódio8
Review do décimo sétimo episódio da décima quinta temporada de Grey's Anatomy, da ABC, intitulado de "And Dream of Sheep".
8

Share this post

Gabriella Siggia

Quem eu sou? Eu sou uma em um milhão: escritora nas horas vagas, seriadora de coração, cinemática de plantão e amante da literatura. Divertida, alto astral e bastante bem humorada. Só não achei ainda minha outra pessoa. Ah, música faz parte da minha vida.