Crítica: The Flash começa dar primeiros passos rumo a finale em 5×17 “Time Bomb”

The Flash teve mais uma vez seu episódio salvo pelos minutos finais. Algo que parece ter virado estratégia da produção para prolongar a falta de criatividade nessa que se tornou a pior temporada da série. Só que artifícios sem-vergonhas como este podem deixar uma marca na série que dificilmente será superado. A quarta temporada de Arrow está aí como prova.

Finalmente aconteceu! Sherloque enfim desmascarou Nora diante de toda sua família e o time Flash. A cena foi carregada de um peso emocional que há episódios ansiávamos ver. A humilhação de Nora e a reação de Barry foi angustiante. O hype para o que virá a partir disso está enorme. Os planos de Thawne continuam obscuros e ainda nada sabemos se seria ele Godspeed ou mais alguém estaria por trás de suas ações (e mantendo-o atrás das grades).

O que se passou entre a cena inicial e as finais não passou de exemplo de um roteiro mau escrito. Cicada, tanto Orlin quanto Grace, não estão funcionando mais. A pressa em tentar substituir o vilão levou a uma mudança de personalidade de Orlin que contradisse tudo o que ele apresentou até o episódio passado. Sua morte não impactou, apenas foi um reflexo da falta de uma estrutura forte para a trama deste quinto ano. Cicada será um vilão que a alguns anos será pouco lembrado pelos fãs de The Flash. O novo Cicada então, ou melhor, Grace, talvez seja ainda pior que Orlin. O motivo que move a personagem se mostrou tão raso e aleatório que não tem como a personagem durar até o final da temporada. Nada nela funcionou para a série.

O problemas em The Flash

Nas últimas reviews, tenho comentado os erros grotescos que os roteiristas tem cometido na tentativa de elevar o vilão aos patamares de um herói velocista. Quando achava que já tinha visto os piores nesta temporada, surge a adaga que consegue perseguir um velocista na mesma velocidade. Fica difícil entender como deixaram passar um erro desses. É querer fazer seu público de bobo.

A produção também não tem nem se preocupado em criar boas desculpas para as constantes ausências dos membros do elenco principal. Caitlin esteve fora quase o episódio todo para no final reaparecer como se estivesse ali o tempo todo. Sem contar o momento em que Barry não aceita usar a cura meta-humana em Grace por não ter seu consentimento. Sério?

The Flash tem grandes problemas em mãos. Muito precisa ser arrumado e replanejado antes do fim dessa temporada. O episódio teve um final bom, mas ter que esperar quase um mês pelo o próximo episódio com certeza foi mais uma grande péssima decisão da produção. Que o deus da velocidade surja enfim para salvar The Flash de mentes tão fracas.

Imagem: The CW/Divulgação

CURIOSIDADES:

– Sherloque expõe Nora da mesma forma que Sherlock Holmes expõe um criminoso no final de suas histórias.

– Referência Nerd:

  1. Cisco menciona a frase “Not Penny’s Boat” do episódio “Through the Looking Glass” de Lost (2007).
  2. Cisco cita Shazam.
  3. Ralph cita Homem-Aranha.
  4. Nos jornais de Nora, é possível ler que Game of Thrones não acaba em 2019.
  5. Nos projetos da Esfera do Tempo tem uma frase de Doctor Who.
Nota do Episódio6.5
Review do décimo sétimo episódio da quinta temporada de The Flash, da The CW, intitulado "Time Bomb"
6.5
Tags The Flash
Avatar

Álefe Cintra

Jornalista e apaixonado por séries. Tem a mesma profissão de Clark Kent, usa óculos parecido, mas infelizmente não é super-herói. Grande fã de séries de super-heróis e fantasia. No Mix de Séries escreve as reviews de Arrow e The Flash.

No comments

Add yours