Crítica: The Flash faz boa introdução do herói Impulso em seu 150° episódio

The Flash 150 episodio
Imagem: The CW/Divulgação

The Flash chegou ao fim de sua sétima temporada com um episódio duplo mais do que especial. Isso porque essa primeira parte de “Heart of the Matter” é o episódio de número 150 da série. Para comemorar essa marca foi que os roteiristas prepararam estes dois episódios finais recheados de personagens velocistas emblemáticos para a história do velocista escarlate. Reunindo heróis e vilões do passado, presente e futuro.

Continua após publicidade

Essa quarta graphic novel, como o showrunner Eric Wallace dividiu e nomeou as tramas desde a sexta temporada, pode mesmo ter demorado engatar. Mas desde que deu início a Guerra dos Godspeed, a expectativa e qualidade da trama central tem crescido e melhorado episódio após episódio. O ápice talvez tenha sido este penúltimo episódio com a divertida re-introdução de Nora, a XS, e seu irmão mais novo Bart, o Impulso.

Continua após a publicidade

Os filhos do Flash

Essa versão alternativa de Nora reestruturou completamente a personagem que conhecemos lá na quinta temporada de The Flash. A personagem teve uma infância feliz, se tornou bem mais responsável e animada. Mas foi a chegada de Impulso que roubou toda a cena.

Continua após publicidade

O filho mais novo do casal West-Allen pode ser molecão, impulsivo, brincalhão, mas detém notáveis habilidades e poderes como velocista. Jordan Fisher fez um bom trabalho, mas ainda acho que ele pode desenvolver melhor sua atuação se sua participação se extender. O próximo episódio pode fechar bem esse ciclo do personagem e ainda dar uma brecha para um possível retorno futuro.

O fim da guerra se aproxima

A Guerra dos Godspeed ainda continua soando confusa mesmo tendo sido explicada no episódio anterior. Por isso o episódio final precisa responder a todas as dúvidas deixadas pela trama até aqui. De qualquer forma, o personagem se tornou ainda mais interessante depois de enfim ter ganhado um novo rosto. Mesmo que o ator Karan Oberoi não seja tão conhecido, o episódio final também deverá ser decisivo dentro do desenvolvimento do personagem. Então a expectativa para a conclusão desse grande vilão também está alta.

Continua após publicidade

A trama envolvendo Joe e Kramer ainda está bem solta nos episódios recentes e não tem acrescentado em nada. Assim como a conclusão da história entre Allegra e sua falecida prima Esperanza. Cisco voltou para os dois últimos episódios depois de se despedir recentemente do elenco de The Flash. Apesar de seu retorno ter sido justificado, não será sempre que o veremos voltando para ajudar seus amigos no futuro da série. Mas seria interessante se conseguissem trazê-lo mais vezes assim vez ou outra.

O que ainda veremos em The Flash

A season finale tem tudo para fechar muito bem esta sétima temporada. A segunda parte irá reunir o maior número de velocistas que The Flash já teve em apenas um episódio. Aos menos os roteiristas tem conseguido superar as expectativas até aqui. Mas mais do que ver a conclusão dessa boa história, fica a curiosidade se também teremos uma dica do que está por vir na oitava temporada da série.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

CURIOSIDADES:

– Este é o 150° episódio de The Flash.

– Baseado no que foi dito durante o episódio, pode-se calcular que Nora nasceu aproximadamente em 2023 e Bart aproximadamente em 2030. Isto implica que Íris engravidará entre o fim da oitava temporada e o começo da possível nona. Nora então nasceria ao final da nona temporada.

– A atriz Jessica Parker Kennedy que interpreta Nora tem 37 anos, sendo mais velha que Grant Gustin e Candice Patton, que interpretam seus pais.

– Nos quadrinhos, Bart Allen nasceu no século 30 e é neto do Flash Barry Allen. Ele volta ao passado sendo conhecido como o herói Impulso, mudando depois para Kid Flash quando mais velho. Chegou a se tornar o Flash, mas foi morto pela Galeria de Vilões. Em Crise Final foi ressuscitado por sua conexão com a Força de Aceleração e retornou ao seu papel como Kid Flash desde então.

Leia também: 7×16 de The Flash melhora com participações especiais

– Parte do episódio acontece na Zauriel Cathedral. Nos quadrinhos, Zauriel é um anjo que se torna um herói na Terra e se torna membro da Liga da Justiça.

Imagem: The CW/Divulgação