Crítica: The Fosters volta com seus episódios leves e rotineiros

Imagem: Freeform/Divulgação

Quantas pessoas cabem naquela casa? A família Adams-Foster já incluía as mães e cinco filhos. Agora passaram a abrigar Poppy e Ximena, também (só falta um cachorro). Sim, Ximena finalmente conseguiu sair da igreja em segurança e poderá esperar a renovação de seu DACA em liberdade. Além disso, Poppy e Ximena descobriram onde seus pais estão, uma pena que seja lá no Arizona. Mas, pelo final do episódio vimos que a ICE não vai deixar Callie e toda essa confusão envolvendo Ximena em paz.

Sempre falo nas reviews de The Fosters que adoro quando os irmãos contracenam juntos e aprontam alguma coisa. Nesse episódio tivemos Brandon e Grace arrastando a galera para o trote que a turma do último ano costuma pregar na escola. Quem diria que nosso querido careta Brandon tomaria essa iniciativa? E quer trote melhor do que levar a praia para dentro dos corredores de Anchor Beach? A gangue transferiu quilos e quilos de areia para dentro da escola e decorou como se fossem férias de verão. No dia seguinte, todos os alunos foram vestidos para a aula como se fossem para a praia. Inclusive Lena também lançou um maiô com canga e óculos-escuros. Lembrando que a partir desse episódio Lena passou a ser nova diretora de Anchor Beach.

Todo esse trote foi para a Grace. Brandon organizou tudo para que sua namorada tivesse lembranças que nunca teve por ter estudado em casa sua vida inteira. No final do episódio, Brandon não pôde encontrar com Grace por causa da preparação do tratamento da namorada. Mas, isso não o impediu de ser um romântico incomparável. Deixou um presente tão fofo que até a mãe de Grace admitiu que “ele é um dos bons”.

Continua após a publicidade

Mariana tomou uma decisão inesperada.

Mariana diminuiu sua lista de pretendentes para dois, deixando o doce Matt no passado. Eu estava muito na torcida por Matt, mas infelizmente não aconteceu. Mariana estava decidida a retomar seu relacionamento com Matt mas mudou de ideio. Ironicamente, o que a ajudou a decidir no final foi a frase do anuário de Wyatt. Será que vale a pena voltar para o que já se sabe ser incrível ou continuar na busca por coisas novas?

E mais, uma vez The Fosters estragou o relacionamento de algum personagem. Para que essa intrusão de Poppy no relacionamento de Jesus e Emma? Jesus estava apenas tentando ser um amigo em um momento que Poppy precisava. Com isso, acabou deixando Emma de escanteio, o que já vem acontecendo desde que The Fosters voltou mês passado. Mas, Emma sendo a garota incrível que é, engoliu tudo e resolveu ela mesma se intrometer em Roller Derby.  Será que essa disputa pela atenção de Jesus vai virar umas belas trombadas em cima dos patins?

Por fim, minha opinião sobre Stef e Lena estarem se intrometendo no triângulo amoroso Jenna–Tess–Dean. Não! Simplesmente, fiquem fora disso.

De brinde, vou deixar para vocês algumas das frases dos anuários da galera de The Fosters registradas aqui.

Brandon – “A little nonsense now and then is cherished by the wisest men.” de Willy Wonka (“Um pouco de loucura de vez em quando é apreciado pelos homens mais sábios.”).

Stef – “If you expect nothing from somebody you are never disappointed.” de Sylvia Plath (“Se você não esperar nada de ninguém, nunca vai ficar decepcionado.”).

Wyatt – “There are far, far better things ahead than any we leave behind.” de C. S. Lewis (“Há coisas muito, muito melhores pela frente do que deixamos para trás.”).

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Kelly 2 fevereiro, 2018 at 20:42 Responder

    Mas para Stef se intrometendo e obrigando Lena a entrar no meio. Ela tá muito mais preocupada com essa historia do que uma mulher casada deveria.

Post a new comment