Crítica: The Walking Dead dá adeus ao herói no episódio 8×09

Imagem: AMC/Divulgação

Carl dá adeus a série… 

Se a saudade de The Walking Dead estava batendo em seu peito, após o episódio de retorno, com certeza ela veio em forma de facada. Já fazia um bom tempo em que os roteiristas não se distanciavam tanto dos quadrinhos como neste episódio. Mas dessa vez a mudança foi drástica, ousada e de futuro incerto.

Demos finalmente o adeus ao Carl (Chandler Riggs) – que havia sido mordido durante o último episódio antes da pausa. Do lado do grupo de Rick (Andrew Lincoln), não houve muito o que destacar, além da maneira como os personagens permaneceram unidos até o momento em que deixaram os esgotos e seguiram caminho à Hilltop. Além de como Rick e Michonne (Danai Gurira) estavam devastados com os últimos momentos do garoto. Pela incrível atuação do xerife, conseguimos sentir a dor de perder um filho. Mas, com essa perda, como será o fim da guerra? Voltarei a falar disso depois.

Imagem: AMC/Divulgação

Continua após a publicidade

Ao mesmo tempo, no Reino, Carol (Melissa McBride) e Morgan (Lennie James) fazem uma emboscada para aniquilar os salvadores e resgatar o Rei Ezekiel (Khary Payton). Se a atuação de Rick passou dor, a de Morgan deu medo. Ele agiu de maneira sanguinária ao lidar com os salvadores e, no fim, não senti que resta muito tempo de tela para o personagem, ele já está em suas últimas.

Alguns mistérios foram revelados, incluindo as cenas do futuro que começaram a aparecer no episódio número 100 – o primeiro desta temporada. Tudo aquilo é, na verdade, um sonho de Carl, sobre como ele imagina o futuro daquele lugar. Novas casas, plantações… e Negan (Jeffrey Dean Morgan)!

Em conclusão, o episódio teve um retorno forte apenas pela morte de Carl e nada mais. Para onde tudo vai? Para uma guerra mais pacífica e com um final que acredito ser próximo ao material fonte. Agora o que deve ser feito é a readaptação da trama para outros personagens como a pequena Judith, já que Carl permanece vivo nos quadrinhos até hoje e ainda tinha história para contar.

Contudo, o pior mistério colocaram na cena final: o que Rick fazia de baixo de uma árvore, sangrando? Será que as afirmações de que nem Rick estava a salvo era, na verdade, um aviso? Confira abaixo a promo do próximo episódio e comente o que você achou da volta de The Walking Dead em 2018!

R.I.P. Carl!

https://www.youtube.com/watch?v=24mtL32R1to

Avatar

Rodrigo Sodre

Rodrigo é um rapaz que cresceu, mas manteve todas as alegrias da infância consigo. Aos 25 anos, é formado em Jornalismo e joga videogame desde quando usava fraldas. Apaixonado por zumbis, começou a se interessar pelo gênero quando viu a primeira intro de Resident Evil 2. Hoje é fã fiel de The Walking Dead e continua jogando, lendo, vendo filmes e séries.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Bruno D Rangel 2 março, 2018 at 15:05 Responder

    Eu sempre DETESTEI o Carl, assim como detesto o Rick e por isso, pra mim, esse foi um episódio chatíssimo. Mas entendo e respeito toda a comoção do público. Fico imaginando que eu ficaria assim caso Carol morresse, assim como sofri quando Andrea morreu

Post a new comment