Crítica: This Is Us retorna com episódio 3×10 focando nas relações pessoais.

Imagem: YouTube/Reprodução

This is Us caminhando para a reta final da terceira temporada…

Após uma pequena pausa, nossa queridinha série dramática voltou. Sendo assim, chegamos à metade da terceira temporada! Tudo indica que os próximos episódios serão focados em responderem algumas perguntas e deixarem outras para a próxima temporada…

Considerei esse retorno bem morno comparado ao episódio nove. Ainda em minha opinião, essa terceira temporada vem demorando a “engrenar”. Espero que não perca o fôlego!

Não se lembra dos últimos acontecimentos? Você pode ler a review passada clicando aqui!

Continua após a publicidade

Trabalho X Família.

Desde o episódio passado, percebemos que Randall estava numa saia justa quando foi intimado por Beth. Escolher entre a família ou campanha, foi algo que mexeu muito com ele.

Vimos então que Randall teve sete semanas árduas para correr atrás de sua candidatura. Isso tudo resultou em perder vários momentos importantes com sua família e a reprovação de Beth.

Em cenas do passado, mostrou Randall conversando com Jack. Isso me fez refletir, que, talvez, muitas atitudes dele no presente, tenha um grande peso das coisas que os dois conversaram no passado. Mesmo Jack estando morto, Randall quer deixá-lo orgulhoso de alguma forma. Como o mesmo disse “me sinto uma marionete”.

Atitude bonita de Beth voltar atrás e apoiar o marido. Ela percebeu que toda aquela vontade era de realmente mudar a vida da população. Mas compreendo a atitude de reprovação… Será que vale abandonar a família e perder vários momentos para sacrificar-se em politicagem?

Além do mais, vale destacar que Randall não precisou usar a prova contra seu concorrente. Ele preferiu manter sua ética e acreditar naquilo que estava passando para a população, sem precisar descer o nível e apelar para conseguir votos.

Uma coisa é certa, Randall ganhou a eleição e provavelmente isso será o pontapé inicial para seu relacionamento desmoronar-se.

Relacionamento é doação!

Abrirei esse tópico para mencionar Kate e Toby; Kevin e Zoe. Desde sempre menciono o quanto Kate acaba sendo bem egoísta em seu relacionamento e até mesmo em várias fases de sua vida. Provavelmente essa atitude vem de tanto Jack ter passado a mão em sua cabeça.

Além disso é nítido as várias e várias vezes que Toby se matou para deixá-la feliz… raríssimas vezes vemos o contrário. Relacionamento é algo que ambas as partes tem que se doarem. Nesse episódio tivemos a atitude de Kate vender os bonecos de Toby como se tudo aquilo não tivesse significado algum. Depois ela tentou concertar o erro, sem grandes resultados.

Já Toby, esforçou-se o máximo para arrumar o quarto do bebê e até mesmo reconstruir o campo de futebol que Jack havia feito para Kate. É hora de Kate acordar para a vida e deixar de pensar em si mesma, mas também reconhecer o homem que está ao seu lado. Aliás, alguém ainda tem dúvidas de que Toby será um pai maravilhoso? Falecido Jack que se cuide…

Já Kevin e Zoe vem naquela coisa arrastada e confusa… Uma hora tudo está maravilhoso, outra hora Zoe fica mega confusa com tudo isso. Embora seja compreensível se formos levar em conta o passado dela. Aparentemente agora, está decidida em encarar isso e tentar mudar. Convenhamos que Kevin precisa urgentemente ter sorte no amor né?!

Jack e seus segredos…

Ninguém nessa vida é perfeito! Tanto é que a série sempre me incomodou um pouco em passar essa imagem sobre Jack.

Mas talvez ele tenha ocultado de toda a sua família que seu irmão estava vivo. O que faz pensarmos nisso?

Ao final do episódio vimos Zoe achar uma correspondência do irmão de Jack e também uma cena do passado em que Jack recusa achar o nome de seu falecido irmão no memorial…

Se realmente ele ocultou isso, qual será o motivo? Mais uma grande pergunta que This is Us deixou no ar!

Muita terra ainda para ser cavocada… até a próxima! 😉

Tags This Is Us
Rodrigo Chechi

Rodrigo Chechi

Pedagogo formado pela UNESP. Especializado em Educação a Distância para a Docência pela UNIARA. Mestrando em Educação pela UNESP. Apreciador de vinho, café, séries e músicas. Um coração igual de mãe, sempre cabe mais uma série! rs No Mix escreve as reviews de This is Us, Pretty Little Liars (RIP), Orphan Black (RIP).

No comments

Add yours