Critica: 5×05 de Blindspot teve vidas em jogo e segredo ameaçado

Critica Blindspot 5x05

Jane e Kurt passaram por maus momentos em Blindspot

O mais recente episódio de Blindspot testou o coração do público, e principalmente dos fãs do casal Jane e Kurt. Nos momentos finais do episódio anterior, Jane foi baleada e Kurt capturado por Ivy Sands. Sendo assim, a equipe precisou lutar para salvar a vida dos dois.

Além disso, precisaram garantir o sigilo do seu esconderijo ou a segurança de todos estaria ameaçada. Vimos que Jane ficou gravemente ferida, enquanto Kurt foi assombrado por fantasmas do passado.

Cheguei a acreditar por um momento que o ferimento de Jane seria algo fácil de resolver e o problema seria resgatar Kurt, mas não foi bem assim. Com a bala alojada em seu abdômen, deu trabalho para a equipe que está com recursos limitados. Todos tiveram que agir rápido para salvar Jane. Hospital não é uma opção, ou todos serão presos e depois mortos por Madelaine. Patterson foi a responsável em remover a bala e fazer a cirurgia. Foram momentos tensos no bunker.

E a gravidez de Tasha acabou sendo revelada no episódio. Jane precisou de sangue e Tasha era a única que poderia doar, exceto por um motivo, ela está grávida e ninguém sabia. E ainda que ela tenha tentado esconder dos outros, por força das circunstâncias ela acabou revelando seu segredo. Sem um doador, Jane começou a ficar sem tempo. Mas Rich tem sempre algum contato pra ajudar, e conseguir bolsas de sangue em Praga não seria algo impossível pra ele.

Continua após a publicidade

Episódio foi cheio de tensão e Kurt quase entregou o esconderijo da equipe

Enquanto a equipe estava ocupada salvando Jane, Ivy Sands estava determinada a extrair toda informação importante de Kurt. Ela sabe que ele é um agente treinado, e nenhuma técnica de interrogatório e tortura seria eficaz. Foi uma jogada inteligente e diabólica drogar seu prisioneiro para que ele ficasse preso a alucinações. Os efeitos da droga desestabilizaram Kurt e o fizeram reviver alguns fantasmas do passado.

As alucinações brincaram com a mente de Kurt e com seus medos. Enquanto o ex de Jane apareceu para questionar o amor dela e tudo que eles construíram, o pai de Kurt apareceu para fazê-lo se responsabilizar por todas as mortes e se igualar a ele. Kurt sempre repudiou a ideia de parecer com seu pai. Claro que as mortes de Kurt não se comparam às mortes cometidas por seu pai. Mas foi a oportunidade perfeita para revisitar alguns pontos da primeira temporada de Blindspot.

Mas quando o assunto é a segurança de Bethany, Kurt vacilou e entregou que a equipe está em um bunker. Como foi explicado no início da temporada, em Praga existem vários bunkers e a equipe ocupa um que não está mapeado em lugar algum, mas já é uma boa pista para Ivy começar a caçar os fugitivos. Apesar de entregar uma informação importante, Kurt conseguiu driblar sua falha e blefou com Ivy. Mesmo tendo a oportunidade de matar a terrorista ou sequestrá-la, ele não fez por ainda estar perturbado pelos efeitos da droga. Mas roubou o telefone da terrorista com informações importantes de seus planos.

No final tudo deu certo… Mais ou menos!

Kurt ainda estava desorientado quando Tasha apareceu para resgatá-lo. É claro que ele achou que ela era mais uma alucinação, mas ela conseguiu se conectar com ele e evitou tomar um tiro. Tasha grávida tomando um tiro, é uma cena que eu não espero ver. Falando em Tasha, ela ainda não sabe como se sentir em relação a gravidez. Ver Patterson e Rich fazendo planos para o bebê foi demais para ela. Sua vida teve uma mudança radical e ela ainda está descobrindo como lidar com essa nova realidade.

A cirurgia de Jane foi um sucesso dentro do possível, é claro e Rich chegou na hora certa com o sangue. E quando tudo parecia bem, os amigos de Rich que ajudaram com o sangue invadiram o bunker. Bem, parece que eles não confiam muito em Rich e exigem o que ele prometeu em troca do sangue. Qual será o próximo passo da equipe? Bem, acho que o teaser do próximo episódio dá uma boa ideia.

Em geral, gostei do novo episódio de Blindspot, da ação e dos conflitos apresentados. Entendo que eles estão em um processo lento e com poucos recursos para derrubar Madelaine, mas acho que está na hora de apresentar tramas mais próximas do arco principal e começar a fugir do procedural, ainda que seja a marca da série.

Parece que estamos há alguns episódios com tramas de transição. Faltam poucos episódios para finalizar a série, mas gostaria de ver mais ação e mais urgência nas missões.

Aproveite e continue acompanhando todas as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (Instagram, Twitter, Facebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
Nota do Episódio8.5
Crítica do quinto episódio da quinta e última temporada da série Blindspot, intitulado “Head Games”, do canal americano NBC.
8.5
Tags Blindspot
Yuri Alves

Yuri Alves

Bacharel em Direito, fascinado pelo universo dos heróis e um viciado por séries e filmes. Um escritor a procura do meu espaço. Amante dos livros e da boa música. Adoro realitys. A série da minha vida , The OC. No Mix, sou responsável pelos textos de algumas séries como, Blindspot , Ozark, La Casa de Papel entre outras. Quando não estou no cinema ou maratonando uma série estou me aventurando na cozinha.

No comments

Add yours