Cursed é melhor que Game of Thrones em um quesito, diz estrela

Cursed melhor que Game of Thrones

Estrela de Cursed falou sobre comparar série com Game of Thrones em detalhe importante

Ao enraizar-se nas lendas arturianas de antigamente, a série Cursed é o mais recente atração do gênero fantasia que imaginam um mundo muito diferente do nosso.

Fadas, demônios e feitiçaria são apenas algumas das características mágicas que povoam essas histórias, estendendo nossa imaginação a novos e ousados ​​reinos. Mas há outra maneira pela qual a maioria das séries de fantasia se desvia da realidade e que Cursed está se mostrando muito diferente. 

Recentemente, houve algumas comparações com Game of Thrones, por exemplo, em diversos sentidos. Mas uma das estrelas da atração, afirmou que Cursed consegue melhor que o drama épico da HBO em algo: escalar uma estrela negra para ser um dos protagonistas.

Pessoas negras não são incluídas no elenco de atrações de fantasia

Quando o ator de Cursed, Devon Terrell, se envolveu com o projeto, ele não entendeu por que os produtores o levaram a uma audição para o papel do rei Arthur: “Isso não faz sentido“, disse Terrell ao Digital Spy. “Eu não sei por que. Não faz sentido nem tentar.”, pensou ele na época. Isso porque, geralmente, o papel era retratado por brancos.

Continua após a publicidade

Mas  ele tentou e conseguiu, assumindo um papel clássico tradicionalmente dado aos atores brancos. Terrell, inclusive, diz que isso foi reiterado para ele durante todo o processo de seleção de elenco, com os produtores dizendo: “Queremos encontrar a melhor pessoa. É isso que queremos, independente da cor“.

Nas redes sociais, algumas pessoas questionaram o fato de Cursed colocar Terrell no papel ao invés de um ator branco, mas, como ele mesmo diz: “Se alguém pode acreditar em uma espada mágica, por que as pessoas se irritam que há homem preto interpretando esse ícone? Preconceito?”, questionou.

Game of Thrones, Senhor dos Anéis e Harry Potter ignoraram protagonistas negros

Só porque histórias como essa tradicionalmente se concentram na fantasia européia, isso não significa que elas devam permanecer sendo protagonizadas por atores brancos. Por muito tempo, os negros foram jogados a escanteio, em todas as esferas da vida, incluindo séries de fantasia onde tudo deveria ser possível. Felizmente, Cursed foi contra essa tendência, tanto com o envolvimento de Terrell quanto em termos do elenco mais amplo.

Terrell nos diz que sempre foi seu “sonho” estrelar um projeto de fantasia como O Senhor dos Anéis ou Harry Potter: “Mas o que eu sempre achei foi que, mesmo em Game of Thrones, nunca me via naquele mundo, porque eu nunca me vi como parte integrante essencial daquilo”.

Quando se trata de fantasia, é impossível evitar o padrão que Game of Thrones lançou sobre todo o gênero. Toda a série de fantasia produzida, desde então, é automaticamente comparada ao que Terrell descreve como a “Estrela da Morte” da indústria. “Essa série foi gigante… todo mundo está tentando fazer isso.”

Infelizmente, Game of Thrones não tem o legado mais impressionante quando se trata de diversidade étnica em seu elenco. Alguns anos atrás, o ator de Star Wars, John Boyega, trouxe isso à GQ, dizendo: “Não há negros em Game of Thrones. Eu não estou pagando dinheiro para sempre ver um tipo de pessoa na tela… Porque você vê pessoas diferentes de diferentes origens, culturas diferentes, todos os dias no mundo”.

Embora existam personagens não brancos em Game of Thrones, o mundo em que eles vivem não é igual. Ao longo de oito temporadas, Missandei e Grey Worm foram as duas únicas personagens destacáveis na série, e mesmo assim eram ex-escravas. A necessidade de uma representação mais diversificada e arredondada da série tornou-se particularmente evidente.

Ator vê momento de Cursed como importante

Como Terrell coloca, “Diversidade na indústria significa tudo que está ao redor; você pode cortar esse personagem [diverso] de um enredo, e as pessoas ainda ficariam bem. O lamentável é que esses personagens foram cortados do enredo muitos anos, dentro desses mundos.” No entanto, as coisas estão definitivamente mudando agora para melhor, e Cursed prova isso.

Terrell descreve ser escalado para a série como um “momento decisivo“, e não apenas em sua vida pessoal: “Este é um momento realmente enorme e bonito, onde alguém que se parece comigo – seja de qualquer gênero de qualquer raça – pode dizer: ‘Oh, há uma oportunidade que está agora aberta.'”.

Todos os episódios de Cursed estão disponíveis na Netflix. 

E você, gostou da série? Deixe nos comentários e, igualmente, continue acompanhando as novidades do mundo das séries aqui no Mix de Séries.

  • Além disso, siga nossas Redes Sociais (InstagramTwitterFacebook).
  • Baixe também nosso App Mix de Séries para Android no Google Play (Download aqui) e fique por dentro de todas as matérias do nosso site.
 
Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

1 comment

Add yours
  1. Avatar
    Lúcio Castro 25 julho, 2020 at 12:15 Responder

    A Lenda do Lago me trouxe de volta o mesmo sentimento de torcida que senti com Game of Thrones. Dês do fim de GOT, não havia ainda sentido tanta raiva de personagens como na série da HBO. Cursed me prendeu do início ao fim, me cativou e me deixou ansioso para ver a segunda temporada. Dou nota 10 para a série.

Post a new comment