Dancing Brasil 2, semana 4: Raphael Sander é eliminado ao som de Titanic

Imagem: Youtube
Imagem: Youtube

[spacer height=”20px”]

Continua após publicidade

Em noite de gala, o Dancing Brasil homenageou a grande festa do cinema. Em clima de Oscar, os participantes tinham de dançar ao som de músicas que já haviam sido indicadas ao prêmio.

Continua após a publicidade

Muitas surpresas brindaram a noite, que contou com o destaque de duplas que não haviam ainda mostrado a que veio, além de algumas que se mostraram fraca – em comparação com a semana passada.

Continua após publicidade

Com a ausência de Theo Becker, que ficou afastado neste episódio por conta de uma lesão na semana passada ao vivo, o candidato aguardará mais uma semana e caso não se apresente na semana que vem, será desclassificado.

Confira os destaques da noite:

Continua após publicidade

[spacer height=”20px”]

A MELHOR DA NOITE

Suzana e Tutu – Jive

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

O jive de Suzana Alves e Tutu foi aplaudido de pé. Ao somo de “Maniac”, de Flashdance, a atriz conseguiu passar uma energia incrível na pista de dança. Conseguindo a nota máxima, Suzana se saiu muito bem e está pronta para evoluir ainda mais. Sem dúvidas, já é uma das favoritas.

[spacer height=”20px”]

O SEGUNDO MELHOR

Yudi e Barbara – Rumba

Yudi mais uma vez foi destaque na noite, e ao som do tema de Elton John para o Rei Leão, eles encantaram a plateia. A disciplina da dupla foi ressaltada, e Paulo ainda incentivou que os outros participantes se inspirassem nele. Yudi está provando que a cada semana pode se reinventar, e isso o aproxima do tão sonhado prêmio.

[spacer height=”20px”]

MERECEM DESTAQUE

Carlos Bonow e Dani – Paso Doble

Apesar de terem falhado em alguns aspectos técnicos, incluindo a falta de contato do olhar ressaltada pelos jurados. Entretanto, a firmeza e o duelo travado pela dupla no palco mereceu destaque, principalmente por estarem embalados ao som de um clássico do cinema, “Eye Of The Tiger” de Rocky III.

[spacer height=”20px”]

A PIOR DA NOITE

Raphael Sander e Nay – Rumba

Enquanto a Rumba do Yudi foi perfeita, a de Raphael Sander saiu bastante forçada. Ao som de “My Heart Will Go On”, tema de Titanic, o ator não entrou no clima da música e pareceu deslocado em muitos momentos. O apelo ao final, com a abertura da camisa e o beijo em sua parceira não acrescentou em nada ao conjunto da apresentação.

[spacer height=”20px”]

ZONA DE RISCO

Jaque Carvalho e Marcelo
Raphael Sander e Nay
Lexa e Teo

[spacer height=”20px”]

ELIMINAÇÃO

Raphael e Lexa ficaram pau a pau na disputa de piores da noite. Porém, ao contrário de Lexa, creio que Raphael não possa evoluir além do que ele já apresentou no programa. Mais um que deixa a atração sem mostrar ao que veio. A lista de check-out, assim, só aumenta…

Por Anderson Narciso