Dancing Brasil faz bonito na estreia ao adaptar o formato do Dancing With the Stars

Imagem: RecordTV

Continua após as recomendações

Nesta segunda (04) estreou na RecordTV o Dancing Brasil, adaptado do formato original Dancing With the Stars, que faz muito sucesso na Inglaterra pela BBC e nos Estados Unidos pela ABC. Primeiramente, não é o mesmo programa o qual o Domingão do Faustão adapta, e talvez as comparações deviam parar por aqui. Diferentemente do programa da Globo, o Dancing Brasil coloca semanalmente diversos ritmos para embalar as danças dos competidores, que fazem performances a partir de músicas variadas – não necessariamente pertencente ao tema, a fim de ampliar o formato da apresentação. Além disso, os jurados não variam semanalmente, mas são fixos e podem acompanhar o desenvolvimento dos competidores.

Comandado por Xuxa Meneghel, a apresentadora se comportou como uma animadora deve se comportar. Pela primeira vez, em mais de 30 anos de carreira, Xuxa está a frente de um programa que não leva o seu nome e a atração principal não é ela. Outros tempos. Claro, ela exagerou em alguns pontos, gritou muito em certos momentos e até mesmo desconsiderou alguns comentários dos jurados, mas essa é a Xuxa que a gente gosta. E achei bem interessante ela não se fazer como centro das atenções neste programa – apesar de que ela já disse que vai dançar em algumas edições (que a partir da semana que vem passa a ser ao vivo). A verdade é que essa Xuxa é a que a gente esperava na Record, desde sua mudança. Diferente da “versão Ellen DeGeneres” que ela tentou fazer, a apresentadora está mais exuberante, e reconhece o seu lugar no programa. Mas claro, dará os seus pitacos.

Continua após a publicidade

Isso, a gente já percebeu, pela sua participação na abertura que, particularmente, achei um ponto bem positivo do programa. Passando por vários pontos turísticos do Rio de Janeiro, terminando na Lapa, os competidores foram apresentados junto à Xuxa. Confira quem são:

Os jurados, Fernanda Chamma, Paulo Goulart Filho e Jaime Arôxa, já participaram do Dança dos Famosos, e possuem experiência e trouxeram consigo essa bagagem. Todos eles foram bem rígidos, algo que achei excelente. Eles não tiveram papas na língua ao falar que determinada dança não foi bem sucedida, ou ao criticar os passos e a química de determinas duplas. Inclusive, os coreógrafos foram todos massacrados por precisarem conduzir melhor suas “estrelas”. Mas tudo isso, segundo eles mesmos, era para incentivar os competidores a melhorarem para a próxima edição. Ah, e detalhe: eles são fixos e estarão semanalmente acompanhando a evolução dos candidatos.

Já dentre o time de participantes, Bianca Rinaldi, Juliana Silveira, Maitê Piragibi e Leonardo Miggiorin arrasaram em suas performances. Destaque para o último que roubou as atenções da noite, elogiado por todos, e alcançando a maior nota.

Sheila Melo, ex-dançarina do É o Tchan, também não ficou para trás. Porém. recebeu uma advertência dos jurados: “cobraremos mais de você”, por já ter tido uma experiência.

Os ritmos foram variados. Do Foxtrote ao Tango, do Samba ao Jive, teve de tudo. Inclusive participantes extremamente fracos, que pareciam estar em um quadro de cover ou de performance humorística, como Fabíola Gadelha.

Foi uma boa estreia. O programa andará por passos próprios, possuindo muitas diferenças com os já tradicionais programas de dança no Brasil. O cenário está deslumbrante – bem fiel ao cenário lá de fora, e a produção está caprichada. O feedback nas redes sociais também foram bons, apesar de algumas pessoas se sentiram incomodadas com as músicas não pertencentes aos ritmos, realizando comparações com os formatos já existentes por aqui.

A audiência foi mediana – marcou 4,5 pontos no ibope com picos de 6. Perdeu para o Ratinho mas empatou com o Máquina da Fama. A segunda é um dia perfeito para este programa, mas precisará lidar com a perda do sinal analógico na grande São Paulo, onde a audiência é realmente medida.

A torcida é para que o programa vingue e, quem sabe, permita Xuxa a se consolidar – pelo menos por um tempo – na RecordTV. O que o público precisa fazer é abraçar o formato, esquecer dos concorrentes e assistí-lo como original, o que de fato é.

E vocês, assistiram o Dancing Brasil? O que acharam da estreia?

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours