De Los Angeles a Sunnydale com Buffy – A Caça Vampiros

No dia 31 de julho deste ano, Buffy Summers fez 22 anos (que bonitinho! É uma jovem adulta)

Continua após publicidade

Criada por Joss Whedon, Buffy – A Caça Vampiros inicialmente foi um filme, em que a atriz Kristy Swanson deu a vida a patricinha loira, que de inicio era meio burrinha, cheerleader e popular numa escola de Los Angeles, que se transforma, como o próprio nome da produção já diz, em caça-vampiros. Porém, cinco anos depois a história de Buffy se transportou para a TV, especificamente para WB, na qual Sarah Michelle Gellar viveu a protagonista por sete anos.

Continua após a publicidade

O longa conta com Luke Perry, o famoso Dylan, do Barrados no Baile ou 90210, como Oliver Pike, o rebelde que ganha o coração da personagem principal; Hillary Swank, que aparece no início como amiga de Buffy, e, até, Ben Affleck, porém ele não está creditado, afinal ele era mero figurante no jogo de basquete(minha cara ao ver e pensar “é ele!” foi de puro choque). Já a série tem David Borenaz, como o lindo e perfeito Angel; Eliza Dushki, interpretando a outra caça vampiros, Faith; James Marsters, sendo o Spike (<3); e Alyson Hannigan, como nossa eterna Willow.

Continua após publicidade

Entre o filme e o seriado existem algumas diferenças bem notáveis: os vampiros flutuavam, as mortes não eram explosões de cinzas e a maquiagem dos sugadores de sangue era baseada em apenas caninos grandes em amostra e orelhas pontudas (vai saber o porquê), o que na série mudou, pois os dentinhos pontudos apareciam apenas quando os vampiros estavam prestes a atacar suas vitimas e foi adicionado o cenho franzido.

Para Whedon, a produção cinematográfica não foi executada de acordo com o que ele esperava quando fez o roteiro, tornando a história comédia “pastelão” ao invés de um filme de terror com a qual a loira que entra no beco não acaba morta, o que acontecia em todos os filmes do gênero. “Eu tinha escrito este filme assustador sobre uma mulher com poderes, e eles transformaram em uma grande comédia. Foi esmagador”, falou o criador. Maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaas aí veio 1997 com o show homônimo. E então, Joss Whedon conseguiu colocar todos os componentes que queria na série: o girlpower com a personagem que deixa de ser insignificante para salvar o mundo, os vampiros e o terror. Contudo, a forma que foi produzida continuava a mesma, por exemplo, os flashbacks são muito parecidos – com a luz mais escura e o cenário mostrando que é cenário. Mas também teve adaptação do enredo para o seriado, como a mãe de Buffy que era totalmente fútil no filme, se tornou uma mãe trabalhadora ma série; Buffy voltou alguns anos na escola, já que no cinema ela era veterana e na TV colocaram ela no segundo ano do colegial.

Continua após publicidade

Falando em escola, é bom escrever uma curiosidade sobre o Sunnydale High School, instituição de ensino que Buffy foi estudar depois de se mudar de Los Angeles para Sunnydale. O colégio que foi locação para a série se chama Torrance High School e nos anos 90 era o lugar favorito das produções cinematográficas e televisivas sobre jovens. Barrados no Baile teve suas gravações lá, assim como Ela é Demais, filme do marido de Sarah, Freddie Prince Jr, com Paul Walker e Rachel Leigh Cook.

Ao contrário do filme a série foi muito bem recebida, não é para menos Sarah Michelle Gellar foi capaz de trazer a essência da protagonista feita por Swanson, além de misturar terror com comédia, drama (quem nunca chorou junto com a Buffy? Principalmente quando Angel se transforma em mal ou quando a mãe dela morre) e romance (aiiiii como eu shippava Angel e Buffy, e Buffy e Spike). O sucesso foi tamanho que uma spin off rolou: Angel, que ficou no ar por cinco temporadas, de 1999 a 2003, e foi transmitida, também, pela WB.

Continua após a publicidade
O MIX DE SÉRIES atingiu 10 milhões de visitas mensais e vamos ensinar tudo que aprendemos nessa caminhada! Aumente o tráfego do seu site com técnicas avançadas de SEO.
Faça seu pré-cadastro aqui!

Buffy- A Caça Vampiros acabou em 2003 com  o mundo salvo. Desde então, Sarah Michelle Gellar diz que toparia fazer outro projeto sobre a slayer, mas deixa claro: desde que tenha coerência com a produção antiga.

Já pensou? Os fãs de Buffy piram com a possível ideia. #Oremos