Debra Messing comenta sobre a reunião de Will & Grace

Imagem: EW
Imagem: EW
Imagem: EW

 

Continua após publicidade

A reunião de Will & Grace que abalou os fãs e a internet nesta semana pode ter conseguido muitos votos à favor de Hillary Clinton, mas Debra Messing, tem deixado claro que a votação era a mensagem.

Continua após a publicidade

Em uma entrevista, Messing comentou sobre a reunião que foi ar pouco antes do debate presidencial. O curto episódio estrelou, também, o elenco original, com Eric McComarck, Seasn Hayes e Megan Mullally, que tenta convencer Jack qual candidato é a melhor escolha. Karen está a favor de Trump, enquanto Will e Grace estão firmemente apoiando Clinton.

Continua após publicidade

Messing diz abertamente ser a favor de Hillary – “Eu tenho dado o meu suporte total à Hillary Clinton”, disse em uma entrevista. Apesar da atriz dividir com sua personagem os mesmos pontos de vista políticos, ela revela que o objetivo era se divertir e conscientizar as pessoas sobre o voto. “O voto é um grande equalizador”, ela disse. “Não importa se você é rico, não importa a cor da sua pele, ou qual religião você pratica, cada voto é igualitário e esse é um dos grandes privilégios que nós temos como americanos”.

Em relação à uma reunião oficial, os atores expressaram interesse na possibilidade. Messing espera que se o show realmente voltar, seja com uma curta temporada na Netflix ou Amazon; McCormack descreveu o sentimento de um retorno como “maravilhoso estar lá e sentir tudo isso novamente”; e Mullally diz que este é o momento perfeito para eles se reunirem novamente.

Continua após publicidade

Fonte: EW