Designated Survivor – 1×08 – The Results

Designated Survivor The Results MAIOR

Imagem: Spoilers Guide

Continua após as recomendações

Depois de vender a alma ao demônio, isto é, os governadores dos cinquenta estados americanos, o Presidente enfim terá eleições para que possa ter um Congresso e, consequentemente, um Presidente da Câmara, de modo a conseguir aprovar o orçamento, além de indicados para o gabinete e cargos secundários da administração, poderio para declarar guerra caso necessário e todo esse aparato de necessidades do executivo. O problema é que há uma ameaça química não só as eleições do quinto distrito do Missouri, como também de todo o país.

Imagem: Yahoo!

Imagem: Yahoo!

Continua após a publicidade

A partir dessa ideia, já temos algo extremamente positivo jogando a favor de Designated Survivor – em nenhuma outra produção política recente, pelo menos que eu lembre ou tenha assistido, não se introduziu uma trama que envolvia o tema, ou seja, há um campo vasto para se explorar e ainda não existe margem para comparações. É verdade que as eleições legislativas ocuparam a maioria dos diálogos em “The Results”, mas essa ameaça serviu para mostrar o quão criativo o roteiro é, além de proporcionar uma oportunidade única para o Presidente Kirkman dizer o quão importante e fundamental o voto é para a democracia americana e que o país, apesar de estar sob ataque, não terá medo.

Apesar de não levar muito em consideração a trama paralela sobre o sequestro do filho de um dos chefes do FBI, visto que não vejo muita emoção vindo dessas propostas, confesso que começo a prestar um pouco de atenção para a ideia pelo fato de entrelaçar-se com a trama principal, até porque é possível que todo o país comece, novamente, a questionar a legitimidade do Presidente e a sua capacidade de manter um terrorista preso e minimamente controlado, além de Kirman ter ainda mais problemas com Kimble às vésperas de uma (re)construção do Congresso.

Finalmente Maggie Q começa a aparecer mais e consequentemente trazer toda aquela bagagem de Nikita Stalker, que ajudaram a torna-la uma atriz ainda melhor. É sabido que a personagem é um tanto pequena perto daquilo que a intérprete consegue fazer, mas sigo confiante que em algum momento ela ganhará todo o holofote e a pompa que merece. O mesmo podemos dizer sobre Virginia Madsen que já está muito melhor desde quando estreou em Designated Survivor.

[youtube] https://www.youtube.com/watch?v=Pp7n0SKtcSo [/youtube]

Nenhum comentário

Adicione o seu