Disney +, o streaming da Disney, não quer “destronar” a Netflix, diz diretor

Novo concorrente para a Netflix, o Disney + tem um foco

O Disney + pode ser o nome mais novo no campo dos serviços de streaming, mas ele não está aqui para substituir a Netflix.

Continua após as recomendações

Em um evento do setor realizado na Indonésia, Kevin Mayer, presidente da diretoria do consumidor e relações internacionais da Walt Disney Co., confirmou que a equipe que está desenvolvendo o Disney + não está preocupada em ser “maior que a Netflix“.

“Queremos entrar em sintonia com o novo modelo de negócios”, afirmou. Não estamos interessados em ser maiores do que a Netflix ou destronar a Netflix. A Netflix é um serviço de alta qualidade. Nós iremos oferecer um conteúdo totalmente diferente. Gostaríamos apenas de atender bem aos nossos consumidores“.

Continua após a publicidade

Dessa forma, o Disney + pretende ser uma plataforma de streaming voltada especialmente para o público que é fã das produções da empresa, sem priorizar um grande público em geral.

Divulgação

Ao discutir como o Disney + se cruzaria com o maior império de mídia da Disney, Mayer confirmou que a Disney utilizará sua televisão, cinema, parque temático e outras empresas de mídia para promover o serviço. “Vamos utilizá-los total e agressivamente, com certeza.”

No entanto, embora o Disney + não possa competir diretamente com a Netflix, no final do ano, a empresa planeja deixar vários contratos com outros serviços de streaming, incluindo a Netflix, expirarem. Isso tornará o Disney + a casa exclusiva do conteúdo produzido pela Disney, incluindo projetos da Fox, Marvel e Lucasfilm.

É uma grande estratégia de crescimento financeiro“, acrescentou Mayer. “Há toda uma parte da cadeia de valor que não depende de terceiros. E essa cadeia de valor de distribuição não exige mais infraestrutura maciça. Requer as marcas certas, os vídeos certos e a maneira de inserir esse vídeo na internet. Você pode fazer isso, você pode ter o seu distribuidor de alta qualidade. Temos marcas que funcionam, marcas que importam, portanto, equidade embutida com os consumidores e uma vantagem para fazer com que as pessoas vejam nosso produto on-line fora de um pacote de TV tradicional.“.

O Disney + é esperado para ser lançado ainda em 2019.

Leia também: Conheça a interface do Disney +, atrações e mais detalhes

Além disso, completo. Todavia, palavras. Entretanto, necessárias. Bem como, verdes. Todavia, brancas.

Anderson Narciso

Anderson Narciso

Criador, editor e redator do site Mix de Séries, é apaixonado por séries desde sempre. Fã incondicional de One Tree Hill, ER, Friends, e não perde um episódio da Franquia Chicago.

No comments

Add yours