Downton Abbey – 6×02 – Episode 2

Imagem: Divulgação/Banco de Séries

Imagem: Divulgação/Banco de Séries

Continua após as recomendações

 

O poder feminino!

Continua após a publicidade

Não canso de dizer o quanto Downton Abbey é competente naquilo que se propõe a fazer. Sua vocação em detalhar e retratar cuidadosamente a evolução da sociedade é admirável. Eles parecem estar sempre pisando em ovos, tamanha é a preocupação em transmitir total fidedignidade com a realidade da época.

No segundo episódio desta última temporada, a influência das mulheres é nítida. Em todos os núcleos alguma representante do sexo feminino se diferencia naquilo que faz. Muito divertido ver Hughes fazendo Carson tremer na base com sua decisão sobre o casamento não ser em Downton. Mesmo sabendo que Carson ama dar ordens, ela o enfrenta, e o que é mais legal: ele sente medo dela.

Imagem: Divulgação/Banco de Séries

Imagem: Divulgação/Banco de Séries

E falando no casamento, quem ousa contrariar a opinião de Lady Mary? Se ela diz que o casamento será na mansão, então o casamento será na mansão. Sempre se destacando, agora a moça quis mostrar pro que veio e jogou na cara da sociedade que pode fazer o trabalho que os homens exercem. Uma mulher muito à frente de sua época, o que nos leva a pensar na querida Sybil. Ah, se ela ainda estivesse viva… Imagina quantos ares já não teria alcançado. O céu seria seu limite.

Outra que está pisando no calo alheio é Edith. A situação anda de mal à pior na sua editora. Isso porque o dono da revista não gosta de seus serviços e ela ainda faz questão de bater de frente com o chefe. Que mulher em pleno começo do século 20 teria a ousadia de fazer isso? You go, girl! E não é somente sua vida profissional que anda ruim. A pessoal não vai nada bem, com direito até a sumiço de sua filha, que nem de “filha” ela pode chamar. Espero por grandes surpresas para essa personagem nesse fim de série. Uma felicidade cairia bem no meio de tanta desgraça que a cerca.

E falando em desgraça, como não citar Anna e Bates? O casal mais querido de Downton passa por mais um momento de dificuldade. Mas pelo que parece, a “infertilidade” de Anna tem cura. Anna precisa sorrir de verdade, os Bates precisam ter paz nessa vida.

A cada episódio que passa, o fim se aproxima. Como dizer adeus a uma série tão singular como essa? Downton deixará saudades!

Nenhum comentário

Adicione o seu