Dragon Ball Super – 2×03 – O Começo da Vingança! O Exército Maligno de Freeza Ataca Gohan!

Imagem: DB-z.com
Imagem: DB-z.com/Divulgação

 

Continua após publicidade

Podemos considerar de uma vez por todas que a saga do Freeza começou para valer. O reencontro do vilão com os guerreiros Z prometeu momentos de muita nostalgia, lembrando de vários momentos de Kuririn e Gohan em DBZ. Deu para ver que muitos desses mil soldados que começaram a atacar nossos amigos são fraquíssimos, não tendo eles tanta dificuldade assim.

Continua após a publicidade

De primeiro instante, já que Goku ainda não apareceu e nem sabe da ressurreição do inimigo, o foco do perverso personagem foi ninguém menos que Kuririn. Ao lembrar da forma brutal de como ele o matou, e convocar seus soldados para destruí-lo, me deu certa angústia. O melhor amigo de Goku já pode levar para casa o troféu de pessoa que mais morre na história, e por um momento pensei que isso aconteceria mais uma vez. Se ele morresse de novo, sendo a segunda vez pelo mesmo ser, já se tornaria patifaria demais.

Continua após publicidade

Uma coisa que me incomodou muito foi Gohan, pois ele é meu personagem favorito da franquia Dragon Ball, e não conseguiu ser totalmente páreo para os soldados de Freeza. O rapaz é um dos guerreiros sayajins mais fortes que existe, e infelizmente não usou toda sua força para isso. Tudo bem que faz anos que ele não treina, pelo fato de ter se dedicado aos estudos e agora vive pela sua esposa e filha, mas mesmo assim. Quero ver o personagem despertando novamente sua fúria, pois quando isso acontece, sai de baixo.

O que também já está me deixando impaciente é o fato de Goku e Vegeta ainda não terem sido avisados do ocorrido, quero eles reencontrando o vilão logo. Agora quero ver a coisa se complicar, pois no próximo episódio Gotenks estará de volta, já que a dupla, sem Bulma saber, acabou saindo escondido para o local da batalha. Será que Freeza reconhecerá o Trunks? Caso isso aconteça, estaria desde já o garoto em grandes apuros?

Continua após publicidade